Ator

Fábio Assunção fala da luta diária contra dependência química

Divulgação/ Trip

Publicado em 19/07/2018 às 15:06:23 ,
atualizado em 19/07/2018 às 15:41:10

Por: Redação NT

Fábio Assunção falou sobre dependência química, política e trabalho para a revista Trip deste mês. O relacionamento com Maria Ribeiro também foi abordado pelo ator.

A dependência é considerada uma luta diária por Fábio: "A primeira vez que achei que as coisas estavam saindo do meu controle, em 2008, fui ao AA (Alcoólicos Anônimos). Estava me sentindo envergonhado, muito preocupado com as pessoas saberem. Cara, na hora que eu saí, tinha um paparazzo do lado de fora. Então, eu nunca tive a possibilidade de viver esse processo com privacidade", disse.

Fábio falou sobre o que o teria motivado a se tornar um dependente: "Se você está feliz, se está com saudades, se tem uma perda ou se acaba um relacionamento, tem que vivenciar isso e dói. Essas coisas. Todo mundo sente o impacto desses sentimentos, não são sentimentos fáceis. Então acho que fazer o uso de substâncias químicas foi uma forma de não sentir, uma coisa que eu não tinha preparo para me relacionar ".

O ator acredita que é preciso ter equilíbrio para saber lidar com os sofrimentos que as pessoas encaram ao longo da vida. Fábio Assunção confessou que a luta contra o vício permanece diária: "É um trabalho diário mesmo. Não sei como é para cada um. Mas é isso. Eu acho que, tendo foco, é possível".



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!