Século XXI

Nathalia Dill fala sobre violência contra a mulher e feminismo: "Existe muito atraso"

Atriz fala sobre questões da mulher

Atriz é a Elisabeta de "Orgulho e Paixão" - Divulgação/TV Globo

Publicado em 10/07/2018 às 09:50:47

Por: Redação NT

Atualmente em cartaz no horário das 18h na novela "Orgulho e Paixão", Nathalia Dill acredita que os avanços feministas caminham a passos de tartaruga em pleno século XXI.

"É claro que ainda existe muito atraso com relação aos direitos das mulheres, mas vejo o mundo mais atento. A internet permitiu que as pessoas se comunicassem mais", conta ao jornal O Globo.

Para a atriz, nas décadas de 70 e 80 houve um grande "despertar de consciência" sobre igualdade dos gêneros e sustentabilidade, enquanto nos anos 1990 e 2000, essas questões perderam importância, segundo ela.

Nathalia relembra o caso em que Jennifer Oliveira, atriz de "Malhação", denunciou uma suposta agressão do ex-namorado, Douglas Sampaio. "Assim como Jennifer, outras mulheres estão mais confiantes em denunciar, porque se sentem apoiadas. Até algum tempo atrás, era muito complicado. O que ocorria frequentemente era a vítimra acabar levando a culpa. Creio que as redes sociais foram aliadas nesse sentido", opina.

Em relação a padrão de beleza, pondera: "Acho que a humanidade sempre quis ditar padrões de beleza e moda. E, sim, existem disparidades entre homens e mulheres. Por exemplo, um homem com cabelos grisalhos geralmente é considerado charmoso. Já a mulher, malcuidada. Mas também acredito que, pela primeira vez, as pessoas que não se encaixam nesses padrões estão conseguindo espaço e tendo sua beleza valorizada".



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!