Herança

Otaviano Costa chora ao defender Flávia Alessandra no caso Marcos Paulo

Reprodução

Publicado em 08/06/2018 às 13:10:19

Por: Fabrício Falcheti

Otaviano Costa não conteve as lágrimas ao parabenizar Flávia Alessandra pelo seu aniversário de 44 anos nesta quinta-feira (7), e a defendeu das polêmicas envolvendo a disputa pela herança do ator Marcos Paulo durante o programa que apresenta na Rádio Globo.

"Essa menina de ouro é uma mulher, uma mãe, que merece todo o respeito do mundo, todo amor do mundo. Venho acompanhando tantas maldades para cima da minha esposa, sem ela merecer, sem ela ter feito nada a não ser ter representado sua filha em uma situação que eu não gostaria de estar vivendo. E como pai protetor que sou, marido protetor que sou, nada posso fazer, pois não tenho direito a fazer nada”, desabafou.

"Fico vendo tanta gente que desconhece tudo e ataca minha esposa como se aquela justiça que eles veem na internet seja verdadeira”, continuou ele.

Nesta semana, Antonia Fontenelle foi excluída da herança de Marcos Paulo e criticou a decisão, afirmando que vem sendo perseguida.

Depois, Flávia Alessandra emitiu uma carta falando pela primeira vez sobre o caso, que envolve a filha que teve com o ator, Giulia Costa, e ameaçou processar Antonia caso continue usando seu nome. Só que ela não se calou.

Em um vídeo publicado em seu canal no YouTube, Fontenelle detonou: "Você não é capaz de colocar a sua cara a tapa. Eu sei qual a sua preocupação. Você vai fazer novela e precisa do apoio das pessoas. Precisa que as pessoas pensem que você é uma mocinha, uma mocinha de novela. Não posa de santa".

Marcos Paulo teve três filhas, de seus relacionamentos com Tina Serina, Renata Sorrah e Flávia Alessandra. A filha do primeiro casamento não participa do processo. Já Antonia Fontenelle foi a última mulher do diretor, com quem ficou durante seis anos e teria assinado uma carta de próprio punho lhe garantindo direito a 60% de seus bens e investimentos.

O patrimônio de Marcos Paulo, falecido em 2012, é avaliado em R$ 30 milhões.

 



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!