10 celebridades brasileiras que trocaram a fama pelo anonimato

Fotos: Divulgação

Publicado em 23/02/2018 às 11:20:14

Por: Taty Bruzzi

Lidar com a fama nem sempre é algo fácil ou duradouro. Há pessoas que viveram anos em frente aos holofotes, mas desistiram da exposição.

Destacamos 10 ex-celebridades que encontraram satisfação profissional em outras carreiras.

Confira:

Ana Paula Arósio

É talvez o caso mais conhecido. Afinal, quando estava no auge da carreira e se preparando para mais um papel de protagonista em uma novela global, Ana Paula Arósio simplesmente desistiu no meio do caminho. A atriz abandonou as gravações de “Insensato Coração” (2010), preferindo se refugiar em uma fazenda. Desde então, fez apenas algumas aparições públicas.

Carla Camurati

Foi uma das atrizes mais famosas da Globo na década de 80, atuando em produções renomadas como a novela “Sol de Verão” (1982) e a minissérie “O Tempo e o Vento” (1985). Desistiu da carreira na televisão para se tornar diretora de cinema e teatro, se destacando na direção dos longas “Carlota Joaquina, Princesa do Brasil” (1996) e “Irma Vap - O Retorno” (2006). De 2007 a 2014, Carla Camurati foi presidente do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Recentemente, pode ser vista na reprise de “Fera Radical” (1998), no canal Viva.

Carolina Pavanelli

Ganhou fama em 1993, como protagonista mirim da novela “Sonho Meu”, com apenas 6 anos. Ainda criança, atuou em “Quem é Você?” (1996), “Malhação” (1997) e “Meu Bem Querer” (1998), dentre outros trabalhos. Longe das telinhas, Carolina Pavanelli dedicou-se à faculdade de jornalismo. A ex-atriz lançou dois livros: “Sonho de Criança” (1997) e “Longe de Alguém Tão Perto” (2011). Sua última aparição na TV foi em “A Lei e o Crime” (2009), na Record TV. Atualmente, é professora e escritora.

Cecília Dassi

Estreou na Globo aos 6 anos em um episódio da série “A Comédia da Vida Privada” e por 17 anos dedicou-se à carreira de atriz. Seu papel de maior destaque foi como a Sandrinha de “Por Amor” (1997), novela de Manoel Carlos. Depois, veio ainda “Suave Veneno” (1999), “O Beijo do Vampiro” (2002) e “Alma Gêmea” (2005). Sua última atuação em uma novela na Globo foi em 2009, no folhetim assinado por Manoel Carlos “Viver a Vida”. Fora da telinha, Cecília Dassi estudou Psicologia e atua na profissão.

Duda Little

Começou na carreira artística aos 6 anos como garota-propaganda, mas ganhou fama quando se tronou repórter mirim do “Xou da Xuxa” com apenas 8 anos. De 1992 a 1996, apresentou o programa “Dudalegria” na extinta TV Manchete. Longe da TV, estudou jornalismo e chegou a atuar na Record TV. De volta à Globo, atualmente é a editora-chefe do “Mais Você”.


publicidade

Juninho Bill

Tornou-se conhecido do público aos 12 anos, quando fez parte do grupo musical infantil Trem da Alegria e no qual permaneceu de 1985 a 1992. Ao se desligar, atuou como jogador de futebol até seus 20 anos, chegando a jogar no Corinthians, Portuguesa, Sinop e Rio-Branco de Americana. Estudou jornalismo e, em 2014, assumiu a produção do programa “The Noite”, com Danilo Gentilli, no SBT.

Lídia Brondi

Ela estreou na TV em 1975 e em meados dos anos 80 já era uma das atrizes mais bem sucedidas de sua geração. Até hoje, é lembrada como a repórter Solange Duprat de “Vale Tudo” (1988). Aliás, foi nesta novela que Lídia Brondi se aproximou de Cássio Gabus Mendes, com quem se casou em 1991. Sua última aparição na TV foi em “Meu Bem Meu Mal” (1990). Longe da fama, Lídia Brondi estudou psicologia e atua na profissão até hoje.

Paula Lavigne

Atualmente, Paula Lavigne pode ser vista na reprise de “Explode Coração” (1995), no canal Viva, como a adolescente Soninha Contratempo. Entretanto, o último trabalho da ex-mulher do cantor Caetano Veloso na TV foi “Porto dos Milagres” (2001). Desde então, tem se dedicado a uma bela e bem-sucedida carreira de produtora e empresária.

Patrícia Perrone

Um dos trabalhos de maior destaque da ex-atriz foi em “Despedida de Solteiro” (1992), quando ainda era uma adolescente. Patrícia Perrone também participou da minissérie “As Noivas de Copacabana” (1992) e foi uma das protagonistas de “Confissões de Adolescente” (1994), famosa série teen produzida pela TV Cultura e que, posteriormente, seria exibida na Band, Nickelodeon e Multishow. Sua última aparição na televisão foi em 1996, em um episódio do “Você Decide”. Trocou a profissão de atriz pela de advogada. Tornou-se Procuradora do Estado do Rio de Janeiro e professora do curso de Direito.

Susana Werner

A ex-modelo estreou na TV na abertura da novela “Cara e Coroa”, em 1995. Um ano depois, começava como atriz em “Malhação” (1996). Jogou futebol pelo Fluminense e chegou a apresentar um programa pela TVJAM, do portal IG. Namorou o ex-jogador de futebol Ronaldo Fenômeno, mas casou-se com o goleiro Júlio Cesar, com quem teve dois filhos. O casal viveu anos na Itália. Atualmente, o atleta acertou seu retorno para o Flamengo, time pelo qual ganhou fama. Insatisfeita com a decisão do marido, Susana Werner chegou a usar as redes sociais para desabafar.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade