Reportar
erro
Cantora

"É divertidíssimo ser gay", resume Daniela Mercury


danielamercury-matheusmazzafera_5b30ce7f01e76ab75fe71a92be67598f3513660e.jpeg
Reprodução
Por Redação NT

Publicado em 30/08/2017 às 10:40:57

Daniela Mercury falou sobre sexualidade e sua relação com a jornalista Malu Verçosa, com quem está desde 2013, em entrevista ao youtuber Matheus Mazzafera.

“Eu não gosto de rótulos, porque eles são um limite. A sexualidade também passa por isso. As pessoas falam: ‘Ah, Daniela, você não gosta de falar que é gay?’. Eu falo que sou gay porque eu acho que é uma questão da luta nossa”, disse.

“Acho engraçado que as pessoas acham que ser gay é um negócio muito estranho. Algumas pessoas falam que não sabem como falar desse assunto. Como é que se fala de gente? Qual é a diferença? É ridículo a gente ter que usar rótulos para lutar por igualdade de direitos e pelo direito de simplesmente existir em paz, de não sofrer violência, chacota, de não ter mais dificuldade para conseguir emprego”, bradou.

Depois, brincou dizendo que não é gay, mas "sapa": “Eu não sou gay não, eu sou sapa. Sapa, sapatinha, girina, sapatilha. Como é que falam? Estou quase fazendo uma canção”.

E revelou que sua relação com Malu Verçosa é rodeada de muito ciúmes: “Não dá nem para dialogar, não dá para falar de certas coisas. Tem um dia ou outro que as conversas passam ali por um ex, uma ex, mas normalmente isso gera confusão. É ciúme de tudo, é amor demais, é paixão. Não dá, não dá. É posse, é loucura. Todo amor muito intenso não cabe mais nada e nem ninguém”.

Por fim, deu uma dica: “É divertidíssimo ser gay, gente. Quando a gente é criança, a gente não tem parede entre as pessoas. Aprendam a tirar a parede de tudo, de vocês mesmos, não se encarcerem, não entrem no quadradinho”.

Confira:

Mais Notícias
Outros Famosos