Reportar erro
Colunas

Enfoque NT: A falta de variedade na programação da Record; e mais

Repórter de afiliada da Globo é enganado por entrevistada

1c9605dba7d014ed7458505f3dc9811d.jpg
Apresentadores do Hoje em Dia - Divulgação
Thiago Forato

Publicado em 02/02/2014 às 09:46:58

Dentre as grandes redes, a Record é a que menos oferece ao telespectador diversidade.

O “Hoje em Dia” e o “Programa da Tarde” ocupam uma fatia considerável da programação, sem muita coisa interessante, por exemplo.

O que chama atenção no desenho da grade é a quantidade de tempo dedicado ao jornalismo. Não que seja bom, mas pela manhã a Record exibe informativos das 6h15 até às 10h. A segunda edição do “Balanço Geral” das 12h às 14h40 e depois, o “Cidade Alerta” e “Jornal da Record” das 17h20 às 21h15.

Quase 9 horas de jornalismo ao dia. Uma novela, duas séries a partir de amanhã e dois programas similares diurnos. Pouca variedade. A linha de shows diária sumiu do mapa.

Para uma emissora que almeja liderança, tem que ser completa. Não é à toa que a Globo é a número 1 há décadas exatamente por isso.


Excesso 2

O SBT não fica muito atrás. O grande volume de novelas estrangeiras é preocupante. Satura.

Excesso 3

Poxa vida, não vou nem comentar os excessos da RedeTV! e Canal 21...

Estreia

Foi bem a estreia de “Doce de Mãe”, na Globo, com Fernanda Montenegro, na última quinta-feira (30). Deu 18 pontos de média. Comédia leve, divertida e no ritmo certo, sem descaracterizar o telefilme de 2012. Substituiu com competência “A Grande Família”, que terá seu último ano, finalmente.

Campeão de quinta

“A Praça é Nossa” tem índices impressionantes. Deu 9 pontos na sua última edição, 5 a mais que a Record. A mesma audiência do dono da emissora. O humorístico segue sendo o programa da linha de shows do SBT mais bem sucedida.

Discrepância

A diferença de idade entre Gabriel Braga Nunes, Júlia Lemmertz e Humberto Martins está evidente nas chamadas de “Em Família”, que estreia amanhã (3). Gabriel, fisicamente, é muito mais jovem que os outros dois. E em idade, quase 10 anos o separam. Os homens lutarão pelo amor de Júlia, que interpreta Helena.

Ladeira

“Chiquititas” não vê dois dígitos de média desde o dia 17 de dezembro, quando deu 10 pontos. Na média semanal, não dá ao menos isso desde a última semana de novembro.

É um PÁ PÁ PÁ

O repórter João Carlos Borda, da EPTV, afiliada da Globo em Ribeirão Preto, no interior de SP, foi enganado por uma fonte.

Borda “descobriu” que uma mulher teve três gestações de gêmeos e uma de trigêmeos. Ao total, nove filhos. E, mostrando sua barriga volumosa, ela disse estar grávida novamente, desta vez de quíntuplos. O repórter pensou: “Que furo, que reportagem!”. Foi para o ar, mas tudo não passou de uma grande farsa.

A falsa grávida confessou a mentira a um outro jornalista que ficou injuriado por não ter sido ele que tinha feito a reportagem, o suposto furo. Não precisou forçar muito para arrancar da mulher que era tudo uma grande mentira.

Por pouco a matéria não entrou no "Fantástico", em rede nacional.


Contatos do colunista: thiagoforato@natelinha.com.br - Twitter: @Forato_

Mais Notícias