Reportar erro
Colunas

Papo de Bola: A decisão da UEFA Champions League na televisão

img20110527093327.jpg
Emissoras investem na transmissão da grande final do campeonato
Redação NT

Publicado em 27/05/2011 às 12:30:55

Às 15h45 deste sábado (28), o mundo da bola vai parar e direcionar seus olhares para Wembley. Ali, Manchester United e Barcelona definirão qual deles se tornará a esquadra número 1 do futebol europeu e qual deles jogará o Mundial de Clubes no fim do ano (quem sabe contra o Santos, se este passar pelo Cerro Porteño na semifinal e ganhar a Libertadores contra Peñarol ou Vélez Sarsfield). A televisão dará bastante espaço para esta que promete ser uma grande peleja.

A TV Globo transmitirá a partida com time completo em Londres, diferentemente do ano passado, quando os comentaristas ficaram no Brasil e Luciano Huck estava no posto de transmissão no local. Da equipe que cobriu Internazionale x Bayern de Munique no Santiago Bernabéu, são repetidos o analista de arbitragem Arnaldo Cezar Coelho e o repórter Pedro Bassan. Ano passado o comentarista do jogo foi Paulo Roberto Falcão, hoje treinador do Inter; agora, será Caio Ribeiro.

Mas a principal mudança está na narração. Galvão Bueno, que transmitiu a decisão em 2010, estará em Mônaco para a Fórmula 1. E não cabe nem a Cléber Machado e nem a Luís Roberto transmitir United x Barça, mas sim a Milton Leite. O narrador do Sportv se consolida mais e mais também na emissora aberta depois de narrar as duas semifinais entre Barcelona e Real Madrid. Não deixa o canal pago, mas se firma também na TV Globo. É a coroação de um momento excelente.

A TV Bandeirantes terá em Wembley somente o repórter Nivaldo de Cillo. Para chamar a audiência para o seu lado, apostará na dupla que transmitiu a competição inteira: o narrador Téo José e o comentarista Mauro Beting. O jornalista terá ao seu lado o ex-jogador Neto na decisão. Téo narrou a Inter campeã em 2010. Luciano do Valle, que transmitiu a outra decisão entre Barcelona e Manchester, em 2009, desta vez foi aos Estados Unidos narrar as 500 Milhas de Indianápolis.

Os Canais ESPN, por sua vez, investiram bastante e levaram uma delegação considerável para a Inglaterra. Na bola rolando, a narração será de Paulo Andrade, que esteve em Madrid ano passado. Os comentários serão de Paulo Vinícius Coelho e José Trajano, com reportagens de André Kfouri e André Plihal. PVC e Plihal cobriram, semana passada, a final Porto x Braga da Liga Europa. O repórter também esteve no País de Gales para a final da Copa Heineken de Rúgbi.

Mas a ESPN não fica apenas na transmissão da partida. Desde quinta (26) até o dia do jogo, o "Pontapé Inicial" da ESPN Brasil é apresentado direto de Londres por Trajano e Dudu Monsanto, que narrou a Liga Europa e a Copa Heineken. No sábado, a programação inclui um "Bate-Bola" especial na ESPN Brasil, às 12h30, e muda para ESPN e ESPN HD, às 14h, com "Abre o Jogo". Depois do último apito, o "Fora de Jogo" especial repercutirá todos os lances até as 19h30.

A lamentar somente a TV Esporte Interativo não exibir a final ao vivo não por vontade própria e sim por restrições contratuais. Mostrou o campeonato inteiro e, na hora do "filé", é excluído. Acho isso, com o perdão da expressão, uma tremenda sacanagem. No E+I, exibição da finalíssima será no domingo (29), às 18h.

 

Edu César é colunista do NaTelinha e titular do site www.papodebola.com.br

Mais Notícias