Final do "BBB18" tem muita festa e bom humor pela edição, mas tensão entre ex-participantes

NaTelinha esteve presente nos Estúdios Globo

Fotos: Raquel Cunha/TV Globo

Publicado em 20/04/2018 às 13:44:24 ,
atualizado em 20/04/2018 às 14:44:23

Por: Taty Bruzzi

Depois de três meses no ar, a 18ª edição do “Big Brother Brasil” chegou ao fim nesta quinta-feira (19). Como acontece todos os anos, a noite de premiação reuniu todos os ex-participantes no palco.

Junto com a plateia, o grupo curtiu as apresentações da dupla Maiara e Maraísa, ProJota e Ferrugem, atrações musicais deste ano. O apresentador Tiago Leifert não escondia a emoção de mais uma final, a sua segunda desde que assumiu o reality show.

Há alguns dias ele vinha mostrando o quanto estava feliz com esta edição, ressaltando a qualidade dos participantes e toda a história que eles ajudaram a construir. E a opinião era unânime. Pela primeira vez, tínhamos três fortes concorrentes disputando o prêmio de um milhão e meio de reais.

Assim como nas edições passadas, a atração também contou com uma retrospectiva do que aconteceu ao longo desses 90 dias. A novidade ficou por conta do quadro “Big Treta Brasil”, que criou um grupo de WhatsApp formado pelos 20 brothers.

Na brincadeira, os confinados eram mais uma vez protagonistas das histórias que aconteciam na casa. Com edição bem criativa, as imagens levaram a plateia e, provavelmente o telespectador em casa, às gargalhadas.

Ainda teve Tiago Leifert inspirando-se no "Tá no Ar" e fazendo esquetes imitando Datena, Faustão e João Kleber, entre outros. O público na web foi ao delírio com essas situações, mas principalmente quando o apresentador mandou um recado direto para Sonia Abrão. "Me tira da geladeira", pediu, citando abertamente a jornalista e seu quadro em que critica artistas os colocando uma geladeira em miniatura.

Por outro lado, nem tudo foram flores. Nos bastidores, o clima entre alguns dos ex-brothers continuou tenso fora da casa, mesmo a maioria negando e atribuindo como sendo um reflexo do primeiro encontro com todo o grupo pós-programa.

A sétima aliança, liderada por Diego e que contava com a participação de Patrícia, Ana Paula (bruxinha), Wagner, Caruso, Viegas e Nayara, hoje parece apenas uma vaga lembrança. Entretanto, deixou marcas.

Patrícia e Ana Paula, por exemplo, ainda sentem reflexo da rejeição por parte do público nas ruas e redes sociais. Horas antes da final acontecer, a bruxinha, como ficou conhecida na casa, foi alvo de um grupo de fãs da Gleici, a vencedora da noite.

“Eu senti muito minha saída e a rejeição aqui fora”, disse. De acordo com a sister, ela precisou de atendimento médico quando saiu. “Eu fui a primeira pessoa a sofrer bullying dentro da casa por causa da minha voz. Isso me afeta até hoje, fico com vergonha de falar publicamente, revelou durante coletiva de imprensa nos Estúdios Globo, onde o NaTelinha esteve presente.

Já a cearense ficou preocupada com a perseguição ao seu filho, que chegou a sofrer agressões por parte de haters nas redes sociais. Segundo ela, por ter uma mãe “demônia”. “Me arrependo da leitura que fiz do jogo. O bom é mostrarmos quem nós somos de verdade”, confessou.

Se com as meninas a repercussão aqui fora foi ruim, Diego, o cabeça do grupo, não pode dizer o mesmo. Considerado um dos melhores jogadores da história do programa, o paraense afirma ter sido muito bem recebido pelo público que soube entender que tudo não passou de um jogo.

“Saí livre e feliz”, analisou. E quando perguntado se mudaria algo em sua participação no jogo, o filósofo disse apenas que, talvez, iria observar mais para depois, revelar sua estratégia.

Clima tenso mesmo ficou entre Caruso e Wagner. Juntos com Viegas, os três formaram uma espécie de irmandade no início do programa. Entretanto, conforme o grupo dos sete foi se dissipando, o curitibano mudou de lado. Quando foi eliminado, durante sua participação na "Rede BBB", Wagner viu Caruso aparecer no telão e dizer que, caso o ex-brother fosse à São Paulo, os dois iriam acertar as contas.

Desde então, eles não se falaram mais. Nos bastidores da final, ao ser perguntado sobre alguma mágoa que tenha trazido do programa, Wagner não pensou duas vezes e se disse decepcionado com o ex-parceiro de confinamento. Em sua defesa, Caruso confessou que tudo não passou de uma brincadeira de mau gosto. “Era para ser uma ironia, mas fui infeliz em meu comentário. Estou zerado com todos. Meu coração é grande. Eu erro, acerto, não tenho problemas com ninguém”, se defendeu.

Viegas justifica seu distanciamento nas festas, enquanto que Jéssica revela estar focada no trabalho

Como não poderia ser diferente, Jéssica surgiu nos bastidores do programa com a coroa que a consagrou nos memes da internet. Perguntada a respeito, ela disse ter levado a brincadeira numa boa.

Para a personal, as mulheres devem aprender a se valorizar. “Coloquem suas coroas e não as tirem mais”, opinou. Já a respeito da sua aproximação com Kaysar, segundo colocado no "BBB18", a loira disse que o envolvimento foi algo de momento. “A gente não comanda o coração, mas a paixão vai além da intimidade”, falou. "Tenho consideração por todos, vou me encontrar com todos, mas o meu foco hoje é o trabalho”, concluiu.


publicidade

Por outro lado, o jeito caladão de Viegas, principalmente durante as festas do programa, o fizeram ser visto em alguns momentos como uma “planta”. Questionado, o músico se defendeu: “O clima nas festas me ajudava a conhecer melhor meus adversários. Eu participei de 21 festas e nenhuma delas tocou os ritmos que eu curto. Em algumas, eu até dancei, mas chega um momento em que a edição vai preferir me colocar ali, sentado”.

Romances dentro e fora da casa

Desde a primeira edição do programa, os romances estão presentes na história do "Big Brother". Este ano, o envolvimento do Breno com três sisters deu muito o que falar. Na primeira festa, o arquiteto se envolveu com a finalista Ana Clara. Entretanto, o namoro não foi adiante por causa da presença do pai dela, Ayrton, na casa. Então, ele acabou se deixando levar pelas investidas de Jaqueline, que desde o início se mostrou interessada no rapaz.

“Eu sempre vou em busca do que eu quero. Houve um clima entre mim e o Kaysar, mas eu sempre o vi como um amigo. O Breno, eu me interessei por ele de cara. Aqui fora, nós somos apenas amigos. Adoro ele”, revelou Jaque. A saída da loira abriu portas para que Breno chegasse em Paula e o romance decolou. Fora da casa, eles não firmaram um namoro. “Estamos ficando, vendo o rumo desta história”, disse o ex-brother.

Uma das jogadoras mais coerentes do programa, Paula elogiou sua participação e se mostrou disposta a continuar o romance com Breno aqui fora. “Eu fiquei muito feliz com minha repercussão”, comentou. “Vou visitar minha família no próximo final de semana e ir a um evento com o Breno, cumprir contrato", revelou.

“Lula livre”, grita vencedora do "BBB"

O prêmio de R$ 1,5 milhão foi disputado por Gleici, Kaysar e Família Lima, e a acreana foi a grande vencedora desta edição. Militante pelos direitos humanos, assim que saiu da casa a campeã comemorou com um grito de “Lula livre”.

Em conversa com a imprensa, Gleici disse que acreditava na sua vitória quando estava fora da casa. Lá dentro, foi se sentindo mais forte conforme voltava dos Paredões. Com o dinheiro do prêmio, ela disse querer ajudar sua família e viajar.

“Quero conhecer o Rio de Janeiro. Passei três meses aqui e não conheço nada ainda”, brincou. Na opinião da acreana, o prêmio irá mudar sua vida. Entretanto, poder mostrar o seu Estado no programa não tem preço. “Eu cresci, abri meus olhos para muitas coisas. Nunca quis ser vítima por causa da minha trajetória de vida, pois tudo o que consegui foi com muita luta”, relembrou. “O que eu passei lá dentro, lá ficou. Não sei porque fui campeã”, indagou.

A estudante disse que irá reformar sua casa, não se desfazer dela. “Eu não pretendo sair de onde eu moro, ali está a minha história”, revelou. Já em relação ao seu envolvimento com Wagner no programa, ela diz ter sido verdadeiro. “Gosto muito dele e nunca tive dúvidas do seu sentimento por mim”, concluiu.

Kaysar quer trazer sua família para o Brasil, enquanto que Ana Clara não descarta a carreira artística

Segundo e terceiro colocados, Kaysar e Ana Clara estão pensando no futuro. O participante sírio já tem o apoio da ONU (Organização das Nações Unidas) para trazer sua família para o Brasil.

Encantado pela vida que tem aqui no nosso país, o garçom diz que pretende usar o dinheiro que ganhou no programa para dar uma boa casa a seus pais, a quem deve tudo. Além disso, melhorar de vida profissionalmente.

“Estou meio perdido ainda, tentando entender tudo que aconteceu”, disse. “A vitória da Gleici me deixou muito feliz, é como seu eu tivesse ganhado. Eu a acho merecedora do prêmio”, confessou.

Perguntado sobre preconceito, Kaysar nega ter sido hostilizado por alguém da casa por causa da sua origem. “Quem pensa que eu seja um terrorista é porque tem um terrorista dentro dele mesmo”, opinou.

Além de viver bem ao lado da família, o vice-campeão pensa em casar com uma brasileira. “Quero ter seis filhos”, contou. Jéssica ou Patrícia?. "Com você [risos]", brincou o papagaio, como era chamado na casa, com uma repórter do Gshow.

Últimos a se reunirem com a imprensa, a família Lima ainda estava anestesiada. Para Ana Clara, o sonho do pai de participar do programa acabou se tornando o seu sonho também. “O BBB sempre fez parte da minha vida”, contou.

Fora da casa, a ruiva descobriu que foi uma das protagonistas desta edição e chegou a ser intitulada como uma nova Grazi Massafera. A estudante achou exagero, mas não descarta seguir uma carreira artística, além de voltar a se envolver com projetos sociais, o que já fazia parte da sua vida.

Para Ayrton, a experiência foi melhor do que ele esperava. Como saldo final, ele se surpreendeu com o amor que sente pela sua família. “Chorava todos os dias porque a saudade era imensa”, abriu seu coração. “Vou me inscrever de novo!, brincou.



publicidade

TAGS:

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade