Polêmica

Filiada da Record na África nega uso de imagens do SBT sem autorização

Miramar TV estreou nesta semana a novela A Que Não Podia Amar, com material do SBT

A Que Não Podia Amar no centro de uma polêmica entre emissoras

Eduardo Rangel

Publicado em 05/12/2019 às 16:35

Na noite da última terça-feira (03), a filiada da Record em Moçambique, na África, estreou a novela mexicana A Que Não Podia Amar, protagonizada pela atriz Ana Brenda Contreras. Até aí nada demais, a não ser pelo fato de que a TV Miramar usou pacote gráfico desenvolvido pelo SBT, que exibiu a trama recentemente com boa aceitação de público.

Além disso, o canal supostamente vem mostrando os mesmos cortes de cena e cobrindo o logotipo da emissora brasileira. A informação foi antecipada pelo site Observatório da Televisão.

O NaTelinha apurou que a chamada de estreia de A Que Não Podia Amar em Moçambique é a mesma do SBT, cobrindo GC (gerador de caracteres) da rede de Silvio Santos e substituindo a frase "A sua novela da tarde" por "A sua novela da noite". A dublagem também é igual, mas nesse caso segue padrão da Televisa para países de língua portuguesa.

Veja a comparação:

VEJA TAMBÉM

A reportagem entrou em contato com a TV Miramar, que garantiu que todo o material foi fornecido pela Televisa.

“Sobre a questão apresentada, informamos que a TV Miramar possui um contrato com a Televisa para os Direitos de Transmissão, e que todo o material relativo à Novela é proveniente da Televisa”, disse o Diretor e Marketing e Comercial do canal, Alexandre Mari.

O NaTelinha também procurou a Televisa, que até a publicação desta matéria não se pronunciou oficialmente, informando que os responsáveis pelas vendas internacionais estavam em viagem. 

Para o grupo mexicano, as perguntas realizadas por e-mail - e reforçadas por telefone - foram: 

1-  A novela foi realmente adquirida pela TV Miramar junto à Televisa?

2- Caso a resposta seja sim, a Televisa vendeu junto com o pacote gráfico do SBT?

3- Caso a resposta seja não, a Televisa tomará medidas legais?

Já o SBT, consultado, disse que "irá acionar o jurídico para tomar as medidas cabíveis".

Miramar TV Record na África

Além da trama mexicana, a Miramar exibe atualmente as novelas Bela, A Feia, Topíssima, A Escrava Isaura e Rebelde, todas da Record.

A Rede de Comunicação Miramar, membro do Grupo Record, além da emissora de TV, possui também a Rádio Miramar. Em questão de audiência, a filiada da Record é líder em Moçambique, à frente da ZAP Viva, sua principal concorrente.

A parceria da Televisa com emissoras africanas não são de hoje, já que o canal ZAP Novelas exibiu diversas novelas do grupo mexicano. O canal aberto ZAP Viva também exibe Carinha de Anjo e os programas Eliana e Domingo Legal, do SBT.

A Televisa também mantém o canal TLN Network, com novelas em português, nas operadoras de TV por assinatura no continente africano.

TAGS

Siga o NaTelinha nas redes sociais


Reportar erro

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!