Reportar erro
Soltaram rojão

Craque Neto revela que chorou ao ser xingado na Band após rebaixamento do Corinthians

Apresentador de Os Donos da Bola disse que só derramou lágrimas por futebol duas vezes

Craque Neto de roupa rosa no cenário de Os Donos da Bola, da Band
Craque Neto durante Os Donos da Bola desta quarta-feira (1º) - Reprodução/Band
Redação NT

Publicado em 01/12/2021 às 14:21:01,
atualizado em 01/12/2021 às 14:21:50

Durante a edição desta quarta-feira (1º) do programa Os Donos da Bola, o Craque Neto lembrou de quando o Corinthians foi rebaixado, em 2007, e contou que a situação o levou às lágrimas. "Eu já chorei duas vezes na vida por causa de futebol, só duas vezes eu chorei. Uma quando eu perdi o título pro Corinthians, em 88, o Paulista. Nós fomos vice-campeões. Eu fiz o gol de bicicleta no Morumbi. E esse dia aí. Eu tava fazendo o jogo aqui na Band, soltaram rojão, me xingaram. Aqui na Band me xingaram pra caramba", lamentou o ex-jogador.

"Os funcionários palmeirenses, são-paulinos, santistas... Eu nunca xinguei ninguém quando perde um jogo aqui. Aí foi o único dia que eu chorei. Saí do jogo com o Luciano do Valle, peguei meu carro e fui pra minha casa. Eu chorei pelo corintiano que sou", afirmou, dizendo que agora quem pode chorar é o Grêmio, que pode ser rebaixado pelo seu time do coração.

13 anos atrás, o Corinthians caiu para a Série B ao empatar por 1 a 1 com o tricolor gaúcho no Estádio Olímpico. Neto e os comentaristas do programa esportivo da Band comentavam sobre como a história pode mudar no próximo domingo (5), quando os dois times se enfrentarão em partida 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Neo Química Arena, em São Paulo.

Craque Neto detona ida de jogador do Palmeiras à Globo: "Devia estar no SBT"

O Craque Neto iniciou o programa Os Donos da Bola da última segunda-feira (29) comentando a final da Copa Libertadores da América, que aconteceu no último sábado (27), consagrando o Palmeiras campeão. O apresentador da Band não gostou nem um pouco de Deyverson, responsável pelo gol que deu a vitória ao time paulista, ter ido à Globo em vez da emissora de Silvio Santos, que transmitiu a competição. "Tava na Ana Maria Braga hoje de manhã. Devia 'tá' no SBT, porque quem fez foi o SBT, não foi a Globo", opinou.

"'Tá' de sacanagem o Palmeiras deixar o Deyverson ir na Globo e não no SBT. Só visão minha", continuou ele, ainda mandando um recado para o clube. "Se o Palmeiras quer deixar vir jogador aqui, pode deixar. Se quiser no Baita Amigos, pode deixar. Se quiser no Baita Amigos, pode deixar. Se não quiser também, 'tá' tudo certo, meu. Eu nunca precisei de jogador pra vir aqui dar audiência. Estou há dez anos aqui, eu não preciso. Só que eu não deixo de elogiar quando tem que se elogiar. E eu não fico usando de subterfúgios pra ficar bonitinho com os caras, eu não faço isso. Eu não sou esse tipo de gente, eu não sou esse tipo de comentarista", alfinetou, dizendo que é ídolo do Corinthians.

Neto continuou os comentários lembrando de quando jogou no time campeão da Libertadores 2021. "Respeito a camisa do Palmeiras, que já joguei. E que, por sinal, quando tinha foto lá botava bexiga. E por sinal, quando vai os jogos do Palmeiras os caras me xingam pra caramba. Muitos gostam de mim, mas tá tudo certo, não tem problema nenhum", finalizou o ex-atleta.



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias