Vem pra cá

Marcelo Adnet imita Silvio Santos com sátiras do Show de Calouros e Roda a Roda no Se Joga

Humorista ainda citou nomes de artistas que fizeram história no SBT

Marcelo Adnet imita Silvio Santos com sátiras do Show de Calouros e Roda a Roda no Se Joga
Marcelo Adnet como Silvio Santos - Foto: Reprodução/Globo

Publicado em 09/10/2019 às 15:21:00 ,
atualizado em 09/10/2019 às 15:22:15

Por: Redação NT

Marcelo Adnet transformou o palco do Se Joga numa atração do SBT na tarde desta quarta-feira (09). No quadro The Fake Brasil, o artista imitou o Silvio Santos, citou nome de uma novela produzida pelo canal do homem do baú e ainda fez claras referências a programas tradicionais da emissora concorrente, como Show de Calouros e Roda a Roda.

O comediante entrou no palco usando os bordões de Silvio Santos e brincou com a plateia, citando a novela Pícara Sonhadora, feita pelo SBT em 2001. Para anunciar os concorrentes, que tinham como responsabilidade realizarem as melhores imitações, Adnet pediu que tocasse a canção do Show de Calouros, sucesso na emissora concorrente na década de 1980.

“Lombardi, você está gostando de estar na Globo?”, perguntou Marcelo, imitando Silvio Santos. “O bom de estar na Globo é que posso jogar aviãozinho sem que o dinheiro seja meu”, acrescentou.

Os participantes tiveram que passar por vários desafios, como imitar uma pessoa famosa numa profissão completamente diferente do que estão acostumadas. Uma concorrente precisou dar vida a Marina Silva sendo telefonista, por exemplo, levando a plateia ao riso.

Depois de passarem da primeira fase, eles receberam uma missão do falso Silvio Santos: imitarem nomes de artistas que fizeram sucesso na tela do SBT. Gugu Liberato, Paulinho Gogó e a Velha Surda foram algumas das personalidades em que os imitadores tiveram que copiar.

Eles ainda brincaram de Roda a Roda e até mesmo o Chaves foi lembrado pela sátira.

Se Joga e Marcelo Adnet são extensão da Globo liberal

Durante a gestão José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, não era permitido que os programas da Globo citassem artistas ou atrações de emissoras concorrentes. Após a saída do ex-diretor do canal, essa determinação continuou existindo até o fim da década passada.

De 2011 pra cá, o canal tem sido mais liberal nesse quesito, tanto que aprovou o Tá no Ar: A TV na TV, que ironizava e satirizava diversas produções da televisão brasileira e internacional.

Tornou-se comum, por exemplo, Marcelo Adnet imitar Silvio Santos. Antes de dar vida ao apresentador no Se Joga, o humorista cantava músicas no antigo programa de humor da Globo na voz do dono do SBT.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!