Estreou hoje

Desempenho de Patrícia Abravanel no “Topa ou Não Topa” dá o que falar na web

Nova edição do programa foi ao ar pela primeira vez neste sábado, após oito anos


Patrícia Abravanel
Patrícia Abravanel estreou no novo formato de "Topa ou Não Topa" - Foto: Reprodução

Neste sábado (17), aconteceu a estreia do novo "Topa ou Não Topa", sob comando de Patrícia Abravanel. O game-show do SBT enfrentou uma concorrência reforçada, com o "Caldeirão do Huck" ao vivo por conta do "Criança Esperança" e a exibição do filme "Velozes & Furiosos 7" na Record.

Na web, o desempenho de Patrícia à frente da atração dominou os comentários. Ela não apresentava  um programa desde 2017, com o filme do "Máquina da Fama".

Na estreia, o "Topa ou Não Topa" trouxe a história de Dona Neide. A baiana tem 58 anos e um passado difícil: ela passou a infância longe dos pais e foi obrigada a trabalhar dos 6 aos 12 anos em uma oficina de costura.

Neide sempre teve o sonho de tornar-se atleta. Adulta, após perder marido e filho, ela criou o projeto "Vida Corrida", em que ajuda a formar a vida de muitas pessoas carentes.

Ela tentou levar R$ 1 milhão para casa, mas o valor saiu antes na maleta. No entanto, com o decorrer do jogo, fez uma contraproposta para a banqueira e embolsou 100 mil reais.

O programa é a versão brasileira de "Deal or No Deal", produzido em mais de 80 países.

No SBT, Silvio Santos já apresentou a atração entre os anos de 2006 e 2008. Depois, foi a vez de Roberto Justus comandar o game na emissora, de 2010 a 2011.

O jogo funciona com 26 maletas em que cada uma esconde um prêmio que varia de 50 centavos a 1 milhão.

Veja a repercussão:

Mais Notícias