Reportar erro
Polêmica

"Zorra" faz sátira e recebe nota de repúdio de produtores agrícolas: "Terrorismo"

Programa criticou uso de produtos químicos e AMAP não gostou

Programa "Zorra"
"Zorra" provocou agricultores e foi repudia - Foto: Reprodução/Globo
Naian Lucas

Publicado em 05/08/2019 às 15:59:55

A Associação dos Produtores de Maçã e Pêra de Santa Catarina (AMAP) divulgou na manhã desta segunda-feira (05) nota de repúdio contra um quadro do humorístico “Zorra” exibido no último sábado (03), na Globo, que satirizou o uso de defensivos agrícolas.

O programa de comédia fez uma paródia da abertura do “Sítio do Pica-Pau Amarelo” para criticar a utilização de produtos químicos em plantações, além de expor que políticos são beneficiados com as ações de determinados agricultores.

“Borrifada na goiaba, pra agradar a tal bancada, tem veneno na panela. A banana brilha amarela, ‘Sítio do Pica-Pau com Sequela’”, falava um trecho da música do quadro que usa do sarcasmo pra criticar.

Nesta segunda, a associação não perdeu tempo e resolveu rebater o programa da Globo. "A sátira foi veiculada como 'humor, sátira, sarcasmo', [mas é um] ato de terrorismo contra o produtor rural, sem embasamento teórico e científicos generalizando com extremismo uma minúscula parte de produtores que não possuem embasamento, assim como a liberação de novos defensivos, apenas criticam mas não veem que a maior porcentagem são produtos biológicos!", disse.

Vale ressaltar que muitos roteiristas da emissora não concordam com o uso de agrotóxicos no Brasil.

Procurada pelo NaTelinha, a Comunicação da Globo emitiu o seguinte comunicado:

"Temos um extenso histórico de reconhecimento e de valorização da agricultura brasileira, que vai desde a exibição, há quase 40 anos, do 'Globo Rural' – programa que sempre teve como premissa valorizar o trabalho de quem vive no campo e levar conhecimento para quem vive na cidade sobre um setor tão importante para a economia brasileira.

Esse entendimento também nos levou a desenvolver o projeto 'Agro: A Indústria-Riqueza do Brasil', que oferece informações sobre a indústria em diferentes espaços da programação da Globo e alimenta uma editoria especial no G1 com um conteúdo dinâmico, relevante e de qualidade, trazendo  curiosidades sobre um mercado que evoluiu de forma impressionante nos últimos anos e que faz parte da vida da população brasileira. A importância do projeto já foi reconhecida por entidades representativas da sociedade e também do setor, como a ABMRA".

Confira abaixo a nota de repúdio na íntegra:

Em nome dos produtores de Maçã Brasileira á AMAP – Associação dos Produtores de Maçã e Pêra de Santa Catarina e demais produtores rurais brasileiros, repudiamos a exibição do episódio veiculado na Central Globo de Produção no dia 03/08/2019 através do programa “humorístico” Zorra que através do episódio “Sítio do Pica-Pau com Sequela” sátira ao uso de defensivos agrícolas, como se o que foi veiculado possa ser classificado como “Humor , Sátira, Sarcasmo” e sim um ato de terrorismo contra o produtor rural, sem embasamento teórico e científicos generalizando com extremismo uma minúscula parte de produtores que não possuem embasamento, assim como a liberação de novos defensivos, apenas criticam mas não veem que a maior porcentagem são produtos biológicos! Repudiamos qualquer ofensa ao produtor rural feitas sem qualquer embasamento científico!

LEMBRE-SE MAÇÃ, LEITE NÃO BROTAM NA GÔNDOLAS DE SUPERMERCADO, ARROZ, FEIJÃO, CARNE, NÃO É PRODUZIDO ATRAVÉS DE MÁGICA NO SUPERMERCADO! RESPEITEM A AGRICULTURA, RESPEITEM O PRODUTOR RURAL!

TAGS:
Mais Notícias