Reportar erro
Adubo

Ator de "Rio Heroes", da Fox, encena monólogo com três personagens no Rio

"É uma peça que faz que todo mundo se sinta de alguma forma identificado e imerso neste universo", conta

Vinícius Teixeira no monólogo Adubo
Fotos: Gabi Castro
Sandro Nascimento

Publicado em 02/10/2018 às 06:41:26

Conciliando as gravações da segunda temporada do seriado "Rio Heroes", da Fox Premium, o ator Vinícius Teixeira, 27 anos, estreia no próximo sábado (06) o monólogo "Adubo". A montagem busca refletir sobre a morte através de três personagens encenados por ele.

"São pessoas de periferia de classe social inferior e que a gente vê o tempo todo nas ruas, trabalhando, mas que nunca temos tempo de parar pra conversar. Mas na peça você é obrigado a ficar uma hora ouvindo da boca dessas pessoas relatos da vida delas e acaba percebendo que visualiza isso, mas acaba não se comunica com essas pessoas. É uma peça que faz que todo mundo se sinta de alguma forma identificado e imerso neste universo", explica Teixeira em conversa com o NaTelinha.

Segundo o ator, o espetáculo foi construído num processo de aproximadamente um ano e que ficar sozinho em cena foi algo desafiador em sua carreira. Além disso, diz que é algo que dialoga muito sobre o que vem pensando e sentindo. "Coloca na minha boca palavras que eu sempre quis muito falar", justifica.

Criada pelo próprio Vinicius, "Adubo" tem direção de Juliana Linhares e se propõe a refletir sobre a condição do corpo finito, as angústias e consequências vividas quando o ser humano enfrenta a morte. A peça é uma produção da Galpão Zero Zero e inaugura o novo local de cultura no Rio, o Espaço 2, do Centro Cultura Solar de Botafogo. A peça fica em cartaz todos os sábados e domingos de outubro.

"A gente tem tanto medo de morrer que a gente acaba não vivendo. A gente vive num tipo de modelo de comportamento e de conceitos éticos que precisamos alcançar ideais de sucesso pra que nossa vida ter valido a pena. Essa é a maior doença do ser humano contemporâneo, a gente vive buscando o ideal de sucesso. O que é esse ideal? O que é ter sucesso? O que é ser feliz?", reflete Vinícius sobre o fio condutor da montagem.

Ao mesmo tempo que enfrenta o desafio de um monólogo, Vinícius Teixeira começa as gravações da segunda temporada de "Rio Heroes", seriado da Fox Premium que dramatiza a caso real de um torneio de vale tudo clandestino.

"O 'Rio Heroes' acho que foi o primeiro grande papel que tive na televisão. Eu sempre fiz muito teatro, então, tive que estudar bastante para adaptar a essa forma de atuação. O Charles, que é o personagem que eu faço lá, era um rapaz bem difícil de lidar. Na primeira temporada ele vai se transformando pelo esporte. Ele descobre uma nova forma de viver a vida. Nesta segunda temporada, ele terá desafios lindos", comenta o ator.

Na próxima temporada da série, Charles ajuda o irmão nos treinos da luta, vai se apaixonar pelo esporte e mudar a rota do seu destino, conseguindo se afastar da criminalidade. "Ele começa a treinar e tá com bastante fé na vida e esperança que as coisas possam tomar um caminho maneiro através do esporte. São cenas bem bonitas, sabe? De esperança, de garra e de luta", conta Teixeira sobre a série, que tem Murilo Rosa como protagonista.

Vinícius Teixeira não para. Além de "Rio Heroes", já gravou a segunda temporada de "Carcereiros", que ainda não tem data de estreia na Globo. No cinema, estará no filme "Anna e Coiote" e "Três Verões", da Sandra Kogut. "Na verdade a gente faz isso com muito amor. As vezes são noites sem dormir. A gente vai dando um jeito porque é muito satisfatório", diz ele, sobre conciliar tantos projetos simultaneamente.

Sobre seu futuro, Teixeira responde: "meu sonho é difícil, mas eu acredito nele: é viver de companhia que pesquisa a linguagem teatral. Claro, paralelamente, trabalhar com cinema e com televisão que tenho muito prazer. Mas eu me vejo muito nesse caminho de companhia independente, de produzir conteúdo que temos a vontade de falar. Eu e meus amigos que estamos nessa luta. O 'Adubo', que é o espetáculo que vai estrear, é o inicio disso. É um empreendimento dessa área teatral é uma forma de pesquisar meu corpo também".

Serviço

"Adubo"
Espaço2 - Centro Cultural Solar Botafogo - Rio
Sábados e domingos de outubro, às 20h
R$ 40,00 inteira e R$ 20,00 meia entrada
Classificação: 16 anos

Ficha técnica:

Criação e atuação: Vinícius Teixeira
Direção: Juliana Linhares
Dramaturgia construída em processo a partir de textos de Caio Riscado, Juliana Linhares, Tomás Braúne e Vinicius Teixeira.
Direção Musical e Trilha Sonora Original: Beto Lemos
Iluminação: Paulo César Medeiros
Cenário: Cris de Lamare
Adereços: Fabrika de Idéias
Figurino: Karina Sato
Dramaturgia do movimento: Natasha Jascalevich
Preparação corporal: Eduardo Rios e Natasha Jascalevich
Programação Visual: Isadora Melo
Montagem e Operação de Luz: Pablo Cardoso
Assistência de Produção e Operação de Som: Mayara Luana
Direção de Produção: George Luis
Produção Executiva e Assessoria de Imprensa: Amanda Barros

Mais Notícias