Reportar erro
Isabele Benito

Apresentadora do SBT chora com tragédia que matou idosa e crianças no Rio

"A jornalista, apresentadora, comunicadora, desapareceu. Ficou só a mãe", disse

sbtrio-isabelebenito-tragedia-sulacap-14092018_96246958be1e86196a9c1ff86bb0a978f02295b1.jpeg
Reprodução
Gabriel Vaquer

Publicado em 14/09/2018 às 22:50:31

Apresentadora do telejornal "SBT Rio", Isabele Benito não se conteve e acabou chorando de soluçar nesta sexta-feira (14), por conta de uma tragédia ocorrida na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

O caso que emocionou Benito ocorreu no Jardim Sulacap, na noite da última quinta (13). Nele, um homem atropelou uma idosa e duas crianças sem prestar socorro. Todos morreram na hora.

A jornalista recebeu a mãe das menores, que contou o que estava sentindo. O repórter Daniel Penna-Firme já estava emocionado, quando deu a palavra para Benito. "Eu não tenho muito mais o que perguntar", disse ele.

Na volta ao estúdio, foi possível ver Isabele muito emocionada. "A gente quando vira mãe se coloca no lugar. Eu peço muita desculpa, não tenho nenhuma condição de fazer uma pergunta para essa mãe", desabafou.

A apresentadora teve de pedir ajuda para Marcelo Carregosa, delegado que assessora Benito em questões de segurança no jornal.

Além disso, ela questionou se a mãe tinha condições de continuar dando entrevista e novamente se desculpou: "Eu quero saber se tá tranquilo pra ela... Eu, aqui no estúdio, não estou conseguindo lidar com minhas emoções". No fim, a mãe acabou saindo por se sentir mal.

O NaTelinha falou com Isabele Benito, que classificou o momento como um dos mais difíceis de sua carreira como apresentadora de telejornal popular - ela está à frente do "SBT Rio" desde 2013.

"Eu não sei te dizer o que aconteceu comigo. Eu já mostrei muita tragédia. Mas eu sei o que mexeu comigo na verdade: foram os últimos passos da rotina dela com os filhos. Mesmo sem a gente se conhecer, ela narrou a rotina minha e de tantas outras mães", afirmou.

Por fim, Isabele comentou que não suporta a ideia de chorar no ar, mas que não consegue nem lembrar da suas palavras durante o momento: "Eu não suporto a ideia de chorar no ar. Acho que o telespectador merece alguém que tenha força para cobrar. Mas ali a jornalista, apresentadora, comunicadora, desapareceu. Ficou só a mãe. Eu perguntei a todo o momento se ela queria estar ali, minha preocupação era ela. E ela queria falar. Eu não consigo nem lembrar das minhas palavras na hora".

Veja o vídeo no momento:

Mais Notícias