Audiência

Minissérie "Lia" tem pior estreia na faixa das 20h30 desde 2015


lia-minisserie_135c19eb53828ae0da280c25eaf688ede8e17aa1.jpeg
Divulgação/Record TV

A Record TV estreou nesta terça-feira (26) a minissérie especial "Lia", para substituir a novela "Apocalipse", enquanto não lança sua sucessora, "Jesus".

Exibido das 20h45 às 21h31, o primeiro capítulo da trama registrou 10 pontos de média, ficando distante da segunda colocação, pertencente ao SBT, que marcou 15 com "As Aventuras de Poliana".

"Lia" seguiu a tendência de "Apocalipse" e, mesmo com a estreia aquém, até conseguiu crescer 7% na comparação com as últimas quatro terças-feiras, quando teve 9,3. Mesmo assim, foi o pior lançamento de produções bíblicas na faixa das 20h30 da emissora.

Em 2015, "Os Dez Mandamentos" abriu o horário com 12 pontos de média. No ano seguinte, já como fenômeno, a segunda temporada estreou com 19 pontos. Depois, "A Terra Prometida" começou com 18, "O Rico e Lázaro" foi lançado com 15 e "Apocalipse", em novembro último, também estreou com os mesmos 13 pontos.

A nova trama conta a história de Lia e Raquel, primeira e segunda esposas de Jacó. A protagonista que dá nome à minissérie é vivida pela atriz e cantora Bruna Pazinato, Jacó é interpretado por Felipe Cardoso e Raquel faz a Raquel.

Também estão no elenco Theo Becker, Suzana Alves, Thaís Muller, Caca Ottoni e Leandro Lima.

"Lia" tem autoria de Paula Richard, a mesma de "O Rico e Lázaro" e da próxima novela, "Jesus".

Esses dados são consolidados e referem-se a um grupo de telespectadores na Grande SP.

TAGS:
Mais Notícias