Reportar erro
Livre

Flor do Caribe: Cassiano consegue embarcar em navio rumo à liberdade

Mocinho vai finalmente conseguir voltar ao Brasil

Cena de Flor do Caribe com Duque e Cassiano sentados no navio e Amaralina em pé
Na novela Flor do Caribe, Cassiano vai conseguir embarcar para o Brasil - Foto: Divulgação
Daniel César

Publicado em 23/09/2020 às 17:55:43

Na novela Flor do Caribe, finalmente Cassiano (Henri Castelli) vai conseguir embarcar rumo à liberdade depois de todo o sofrimento que vem vivendo nos últimos sete anos. O piloto vai embarcar para o Brasil num navio depois que Cristal o ajudou a enganar Dom Rafael e despistar os capangas para finalmente se livrar da prisão que o atormentou por sete anos.

Em cenas previstas para irem ao ar na próxima sexta-feira (25) na novela de Walter Negrão exibida originalmente em 2013 e que está sendo reprisada na faixa das seis, Cassiano vai sentir o gostinho da liberdade depois de comer o pão que o diabo amassou e de ter jurado vingança contra o homem que fez ele viver um verdadeiro inferno, Alberto (Igor Rickli).

E se todas as tentativas de fuga do mocinho da história falharam miseravelmente, a ajuda de Cristal será fundamental para dessa vez o plano dar certo. Mesmo que para isso, o ex-noivo de Ester (Grazi Massafera) tenha que fazer de tudo, até seduzir a filha do bandido para conseguir ajuda, mesmo sendo completamente apaixonado pela atual esposa de seu pior inimigo.

Flor do Caribe: A volta de Cassiano

E a liberdade dessa vez será verdadeira, tanto que Cassiano chegará a telefonar para casa a fim de avisar o pai que está voltando. Mas logo que chegar à cidadezinha, vai se deparar com uma notícia trágica, a de que sua amada está casada com seu pior inimigo. Mas nada disso será suficiente para impedir que o piloto faça um acerto de contas com Alberto.

Fique por dentro dos próximos capítulos de Flor do Caribe e outras produções acessando o canal de Novelas do NaTelinha.

Quer saber mais? Confira o resumo semanal da novela Flor do Caribe de 21/09/2020 a 26/09/2020.