Sem luto

Éramos Seis: Após infernizar todo mundo, Shirley não resiste à doença e morre

Ela não conseguirá se curar, após contrair doença


Cena de Éramos Seis com Shirley
Shirley morrerá em Éramos Seis - Foto: Divulgação

Depois de infernizar praticamente todo mundo ao longo de Éramos Seis, Shirley (Barbara Reis) finalmente terá sua punição. Em cenas previstas para irem ao ar no próximo dia 18 de março, a mãe de Inês (Carol Macedo) acabará morrendo depois de não conseguir superar a doença.

A mulher que tentou de tudo para atrapalhar a relação entre Afonso (Cássio Gabus Mendes) e Lola (Gloria Pires), acabou contraindo uma doença grave enquanto cuidava do ex-marido num hospital, o mantendo escondido tanto da filha quanto da crush.

Na novela de Ângela Chaves com base no roteiro de Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho e inspirada no livro de Maria José Dupré, Shirley ficará cada vez pior em seu estado de saúde e acabará não resistindo, o que deixará sua filha ainda mais desesperada, afinal, além de grávida e sem o pai de seu filho, ela ainda perderá a mãe.

E a morte de Shirley, por incrível que pareça, não servirá como um ponto final para atrapalhar os planos de Afonso e Lola e o casal não conseguirá finalmente ser feliz. Isso porque Inês fará questão de deixar claro que é contra a relação do pai com a vizinha, assim como Julinho (Andre Luiz Frambach), que voltará para atrapalhar ainda mais a relação.

Éramos Seis: a morte de Shirley

Quem será o primeiro a saber da morte da mulher será Afonso, que estará no hospital tentando ajudá-la, embora ela tenha o feito sofrer durante praticamente toda a novela. E ele será o responsável por dar a triste notícia sobre Shirley para a filha do ex-casal, Inês.

Já fragilizada por ter descoberto que está grávida de Alfredo (Nicolas Prattes), a enfermeira ficará desesperada ao descobrir que também perdeu a mãe e, diante disso, reagirá frontalmente contra qualquer proximidade do pai com Lola e pedirá que ele se afaste da vizinha.

Mais Notícias