Será que agora vai?

Éramos Seis: Saiba como será a reconciliação de Clotilde e Almeida

Pela primeira vez Lola irá abençoar a relação da irmã com o vendedor

Éramos Seis: Saiba como será a reconciliação de Clotilde e Almeida
Casal finalmente se acerta em Éramos Seis - Reprodução/TV Globo

Publicado em 13/02/2020 às 07:09:10

Por: Taty Bruzzi

Nos próximos capítulos de Éramos Seis, Lola (Gloria Pires) descobre que Almeida (Ricardo Pereira) se separou de Natália (Marcela Jacobina) e aconselha o vendedor de tecidos a se acertar com Clotilde (Simone Spoladore).

Com o fim da Revolução de 1932, a tradutora volta do Rio de Janeiro para sua casa em São Paulo e confessa para o marido que o traiu com o sócio de Assad (Wernner Schünemann).

Ela deixa claro também que nunca gostou dos filhos do marido, apenas aceitou os adolescentes em sua casa para evitar a separação. Porém, teria sido nesta temporada na capital carioca que a moça descobriu o que é ser amada de verdade.

Percebendo que não há mais nada a fazer, Almeida decide dar um ponto final em seu atual relacionamento e se dedicar apenas a compartilhar a guarda dos filhos com a esposa do primeiro casamento.

Antes da sua reconciliação com Clotilde, o comerciante encontra a solteirona por um acaso, durante viagem do funcionário de Assad (Wernner Shcünemann) à Itapetininga para entregar doações aos soldados, e fica mexido sem imaginar que a moça teve um filho com ele. Confira!

Almeida desiste de Clotilde após reencontro inesperado

Nos próximos capítulos de Éramos Seis, Almeida vai até Itapetininga levar umas doações para os soldados da guerra e acaba estando com Clotilde. A moça voltou a morar com a mãe e a irmã depois de dar à luz a Chiquinho.

O reencontro acontece por um acaso, depois que ele fica sabendo por Zeca (Eduardo Sterblitch) que a cunhada está na igreja para o batizado do seu filho caçula com Olga (Maria Eduarda de Carvalho).

O vendedor estranha o fato de o casal ter tido mais uma criança em tão pouco tempo, mas mesmo assim ele nem desconfia de que Francisco é na verdade o seu filho com a irmã de Lola.

Ao chegar à igreja, o funcionário de Assad dá de cara com Clotilde segurando Chiquinho nos braços. A moça fica pálida e só tem tempo de entregar o menino para a irmã antes de desfalecer ali mesmo.

De volta a São Paulo, Almeida conta para Gusmões (Stepan Nercessian) o que lhe aconteceu e confessa que o melhor a fazer é mesmo desistir da moça mesmo a amando demais.

“Quer saber se encontrei Clotilde não é, Gusmões? Estive com ela, sim. Confesso que fiquei perturbado. Ela também… Ficou visivelmente mexida”, relata Almeida.

"Eu digo! A história de vocês pode ter até acabado de um jeito torto. Mas o sentimento está aí como antes. Quem sabe até mais vivo?”, sinaliza o delegado para o amigo.

“De que adianta, Gusmões? Clotilde não me quis nem quando minha situação era mais fácil. Quando eu era só desquitado. Agora, além de desquitado, tenho outro casamento”, pontua o vendedor de tecidos.

“Tentei recomeçar depois que Clotilde não me quis, Gusmões! Natália é uma boa companheira, me ajudou com meus filhos. Nós nos entendemos à nossa maneira. Não é uma paixão… Nunca foi. Mas depois da Clotilde… Nem acredito que exista outra possível”, complementa o comerciante.

Gusmões decide opinar aconselhando o amigo a desistir de uma vez da solteirona e nunca mais colocar seus pés em Itapetininga. “Tem razão. Esses encontros não fazem bem à Clotilde. Nem a mim. É como se a ferida se abrisse mais uma vez. E nem o tempo fecha…”, conclui Almeida.

A história começa a se desenrolar no capítulo do dia 18 de fevereiro

Lola abençoa o romance de Clotilde e Almeida

Nos próximos capítulos de Éramos Seis, Lola terá uma conversa definitiva com Almeida sobre os sentimentos do rapaz por Clotilde e o aconselha a procurar a irmã da doceira e fazer as pazes.

Tudo acontece durante uma visita do vendedor de tecidos à casa da doceira a fim de entregar uma carte de referência para Alfredo (Nicolas Prattes) que deixou o trabalho de vendedor na loja quando foi lutar na guerra.

A doceira convida o amigo para entrar, mas ele se nega porque está com pressa para pegar os filhos que ficaram na casa de uns amigos. Ela pergunta o que houve e descobre que acamou seu casamento com Natália.

Para surpresa de Almeida, Lola resolve dar sua opinião sobre os sentimentos que ele e Clotilde nutrem um pelo outro e aconselha o comerciante a procurar pela sua irmã e se acertar de uma vez com ela.

"Eu já manifestei o meu pensamento sobre o senhor em relação a Clotilde. Mas talvez estivesse errada. Deveria ter incentivado a coragem. Não sei nem se tenho o direito de contar isso, mas minha irmã nunca se esqueceu do senhor", alertará a dona de casa.

As palavras da doceira encorajam o bonitão a ir atrás do seu amor. Assim, ele parte para Itapetininga na companhia dos filhos Rita (Noham Hadam) e Ernesto (João Vítor Manhães), bate na porta da casa de dona Maria (Denise Weinberg) e se declara para a irmã de Olga (Maria Eduarda de Carvalho) que se assusta.

"Argemiro? O que está fazendo aqui?", pergunta Clotilde. "Clotilde, conhece minha história como ninguém. Tive dois casamentos desfeitos, só um válido perante a lei. Tenho dois filhos, Rita e Ernesto", começa a falar.

"O que não sabe é que me separei da Natália. Este sou eu. Imperfeito, cheio de marcas da vida. Mas você é a melhor parte da minha história. Por isso, quero muito que me perdoe. E faça parte do que eu sou", dispara Almeida.

A declaração do amado deixa Clotilde sem saber o que dizer até que os filhos de Almeida se intrometem na conversam e dão um empurrão na futura madrasta. "Então diz sim", sugere Rita. "O pai veio o caminho inteiro nos falando de você", complementa Ernesto.

"Pelo visto, torcida nós temos", brinca a irmã de Lola. "Eles sabem onde está minha alegria. E desde que a magoei, desde que falhei com o que lhe prometi, fui o mais miserável dos homens", se crucifica o vendedor.

Nesta hora, Almeida fica bem pertinho da moça visivelmente envergonhada e diz: "Não posso te dar um casamento na igreja. Papel passado, um vestido de noiva, nem meu sobrenome. Mas posso te dar um lar, com meus dois filhos, e o amor desmedido que tenho por você", implora.

As palavras do amado deixam a jovem com lágrimas nos olhos. Para surpresa do comerciante, Clotilde finalmente se livra de qualquer julgamento e aceita o pedido antes de dar um beijo apaixonado em Almeida.

A cena vai ao ar no capítulo do dia 2 de março.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!