Fenômeno

Avenida Brasil: Globo exibe frase icônica de Nina e bomba na web

Internautas enlouqueceram com a cena de vingança


Adriana Esteves e Débora Falabella em Avenida Brasil
Carminha servindo Nina - Foto: Reprodução/Globo

Nesta sexta-feira (7), o Vale a Pena Ver de Novo exibiu a grande virada de Avenida Brasil. Em 2012, a novela parou o país e novamente tem sido um fenômeno de audiência e repercussão, principalmente na internet, sendo o assunto mais comentado na web por conta do início da vingança de Nina (Débora Falabella) contra Carminha (Adriana Esteves).

O tão aguardando capítulo 104 da versão original trouxe de volta ao ar a frase icônica “Me serve, vadia”. Esse trecho é dito pela empregada de Tufão (Murilo Benício) após mostrar as provas que tem contra a mulher que a abandonou no lixo depois de ter sido responsável pela morte do pai dela, Genésio (Tony Ramos).

A partir de agora, Nina é quem dará as cartas do jogo, obrigando a primeira-dama do Divino a fazer tudo o que ela deseja, como tratar bem a própria filha, não maltratar as empregadas, ser uma boa esposa e ter um pouco mais de humildade com as pessoas menos favorecidas.

Assim como ocorreu no passado, a cena fez a internet vibrar e se tornou o assunto mais comentado da internet. Além do nome da novela, entraram nos trending topics Me Serve Vadia, Rita, Adriana Esteves e Débora Falabella.

“Esse momento é meu, Brasil. Vai ter que servir, Carminha”, comemorou um internauta. “Vingança é certo? Não é! A Nina tá errada? Não tá! Aqui se faz, aqui se paga”, opinou um segundo. “Amo de paixão a Nina se vingando da Carminha e as duas poderiam viver assim pra sempre”, escreveu uma terceira seguidora.

Confira a repercussão:

Ibope de Avenida Brasil

Se a internet foi à loucura com as cenas de Carminha e Nina, o mesmo pode se falar do público de casa. A novela conseguiu manter os índices que conquistou ao longo da semana

De acordo com os dados prévios da Kantar Ibope, Avenida Brasil marcou 19,3 pontos de média. Vale ressaltar que esse número pode ser alterado no consolidado, que será divulgado na próxima segunda-feira (10).

Mais Notícias