Esticou?

“A Dona do Pedaço” pode ser a maior novela da Globo em quase cinco anos

Data de término virou um problema interno

“A Dona do Pedaço” pode ser a maior novela da Globo em quase cinco anos
Juliana Paes protagonizará "A Dona do Pedaço" - Reprodução

Daniel César
i

Daniel César

Daniel César é jornalista formado, pós-graduado em linguística e em roteiro de televisão, com mestrado em Literatura. Trabalha com o universo da televisão desde 2010 e já fez cursos de dramaturgia com nomes como Carlos Lombardi e Thelma Guedes.

Publicado em 03/05/2019 às 14:12:12 Atualizado em 03/05/2019 às 15:29:52

A Globo pode transformar “A Dona do Pedaço” na sua maior novela em quase cinco anos. Isso porque a emissora estuda esticar o folhetim até janeiro de 2020, o que a faria ter 203 capítulos.

No planejamento inicial, a novela de Walcyr Carrasco, que estreia no próximo dia 20 em substituição a “O Sétimo Guardião”, ficará no ar até o dia 23 de novembro. Neste cenário, a trama chegaria ao fim com 161 capítulos, mesmo número que sua antecessora.

Acontece que o departamento de programação da emissora já apontou um problema para a data de término. É que estudos mostram ser contraproducente estrear uma novela no final do ano porque, historicamente, o mês de dezembro conta com o share muito abaixo do restante do ano.

Fontes ouvidas pelo NaTelinha afirmaram que, diante disso, existe a possibilidade real de uma ampliação no número de capítulos de “A Dona do Pedaço” que ficaria no ar até a segunda semana de janeiro.

“Dificilmente a programação vai aprovar uma novela começando no final de novembro”, afirmou uma diretora da Globo sob a condição de sigilo. Mesmo assim, ela afirmou que, oficialmente, “A Dona do Pedaço” fica no ar até novembro.

Outro caminho possível seria encurtar a novela que poderia chegar ao fim uma semana antes, no dia 17. Aí nasce outro problema. A tendência é que uma novela das 21h não chegue ao fim em um feriado prolongado. E, dois dias antes, 15, é Dia da Proclamação da República. Um feriado numa quinta-feira normalmente derruba o share pela metade.

Caso ocorra o aumento do número de capítulos, “A Dona do Pedaço” sequer seria a maior trama de Walcyr Carrasco no horário. É que “Amor à Vida” (2013), estreia do novelista no principal horário de novelas da Globo, terminou com 221 capítulos. Ainda na faixa das 21h, ele escreveu “O Outro Lado do Paraíso” (2017), que teve 172 episódios.

Para se ter uma ideia, todas as novelas de Walcyr na década passada no horário das 18h tiveram mais de 200 capítulos. “O Cravo e a Rosa” (2000), que está sendo reprisada no Viva, terminou com 221 capítulos. “A Padroeira” (2001) encerrou com 215. Já “Chocolate com Pimenta” (2003) contou com 209 episódios. “Alma Gêmea” (2005) foi a maior novela do autor no horário, com 227 capítulos. Recentemente, o dramaturgo retornou para as 18h e escreveu “Êta Mundo bom” (2016), essa menor, teve “apenas” 190.

No horário das 19h, “Caras e Bocas” (2009) também teve mais de 200 capítulos, terminando com 232, recorde na carreira de Walcyr Carrasco na Globo. Já “Morde e Assopra” (2011) contou com 179.

Walcyr escreveu ainda para o horário das 23h, que é utilizado para tramas experimentais e menores. O remake de “Gabriela” (2012) teve 77 capítulos, enquanto “Verdades Secretas” (2015), novela que deu o Emmy Internacional ao autor, fechou com 64.

A substituta de "A Dona do Pedaço" será “Amor de Mãe”, que marcará a estreia de Manuela Dias no formato de telenovelas. A história chegou a ser reprovada por mais de uma vez pelo Fórum de Dramaturgia da Globo, que precisou escalar Ricardo Linhares como supervisor de texto para que a obra recebesse sinal verde para ser produzida.

Importante lembrar que, sob a gestão Silvio de Abreu, a dramaturgia da Globo vem diminuindo o tamanho das novelas. A última trama com mais de 200 capítulos foi “Império” (2014), de Aguinaldo Silva, que contou com 203.

Procurada pelo NaTelinha, a Globo afirma que não divulga data para o encerramento de suas novelas, porém ressaltou que a previsão para seu término não é janeiro e nem há nada no sentido de uma mudança.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!