Reportar erro
Record

Eterno coadjuvante, Ernani Moraes será Abraão em “Gênesis”

Ernani Moraes
Divulgação
Daniel César

Publicado em 21/04/2019 às 06:15:04

A Record já escolheu o protagonista da novela “Gênesis”. Trata-se de Ernani Moraes, ator conhecido por fazer diversos papéis ao longo de sua extensa carreira, mas sempre como coadjuvante.

O NaTelinha apurou que o ator foi solicitação do próprio novelista responsável pela obra, Emilio Boechat e houve o consentimento da cúpula da emissora que já reservou o ator para o papel.

Vale lembrar que Ernani não estava com contrato fixo na Record. Tanto que ele aparecerá na atual temporada de “Carcereiros”, série da Globo que está em sua segunda temporada.

Ao longo da atual década, o ator se dividiu entre trabalhos na Globo e na Record, além da própria TV por assinatura. Sem grande destaque, ele esteve em treze produções somente nesta década.

Em 2019, Ernani marcou presença na novela “Jesus” que termina na próxima segunda-feira (22), interpretando Nicodemos, além de participar da série global. No ano anterior, ele esteve em “O Outro Lado do Paraíso”.

Procurada, a Record limitou-se a dizer que, neste momento, apenas “Jezabel” e “Topíssima” estão em produção e não confirmou nenhum nome para “Gênesis”.

Os problemas de “Gênesis”

A novela baseada no primeiro livro bíblico tem dado muita dor de cabeça para a Record. Encomenda da cúpula da emissora ligada à Igreja Universal, a sinopse causou problemas com o autor original.

É que Gustavo Reiz, quem recebeu a encomenda da obra, não se entendeu com os pedidos da cúpula da Igreja e acabou pedindo para se desligar do projeto.

Prevista para substituir “Jesus”, a novela teve de ser atrasada e a Record precisou produzir às pressas “Jezabel”, uma minissérie transformada em novela.

Emilio Boechat, roteirista que está há anos na emissora, acabou recebendo a função de escrever “Gênesis”, graças a sua boa relação com a Igreja por conta dos rumos dado a “Apocalipse”, que também teve troca de autor por conta de divergência artística.

Uma novela antológica

A sinopse apresentada por Boechat é diferente do que pretendia Reiz. Enquanto o segundo iria basear toda a novela a partir da vida de Abraão depois da tentativa frustrado da construção da Torre de Babel, o primeiro apresentou uma história antilógica.

O NaTelinha mostrou reportagem exclusiva em que conta a intenção do autor. “Gênesis” deverá ter varias fases com protagonistas diferentes. Iniciando por Adão e Eva, passando por Noé e terminando em Abraão, que será Ernani Moraes. Cada fase terá um protagonista diferente.

Mais Notícias