Reportar
erro
León

Eduardo Moscovis defende personagem de "O Sétimo Guaridão"


Eduardo Moscovis
Divulgação
Por Redação NT

Publicado em 22/02/2019 às 16:57:30

Interprete de Murilo em "O Sétimo Guardião", Eduardo Moscovis usou as redes sociais nesta sexta-feira (22),  para comentar a nota 0 que recebeu da jornalista Patrícia Kogut, do jornal O Globo. O ator, que fala do personagem da trama de Aguinaldo Silva e esclarece alguns pontos.

Na novela, Murilo ainda não ganhou totalmente sua forma humana. O que foi criticado pela jornalista: "Nota 0 para a intrigante caracterização de Eduardo Moscovis em "O Sétimo Guardião. Murilo deixa de ser o Gato León, mas não abandonou a eterna roupa preta, o capuz e o kajal no olho".

"Ninguém gosta de ganhar uma nota zero . Assim como quando ganhamos um elogio logicamente ficamos felizes", começou Eduardo Moscovis.

O ator revela que o personagem não deixou de ser gato e a produção de "O Sétimo Guardião" estuda mudanças no visual de Murilo: "Nesse caso, @colunapatriciakogut falo em nome de todas as pessoas que são envolvidas nessa crítica que respeitamos seu ponto de vista mas ressalvamos que o Murilo ainda não deixou de ser Gato ... um exemplo claro disso é que no capítulo de anteontem ele aparece em close com os olhos de gato! De qualquer maneira obrigado pelo seu olhar e pela crítica que acredito ter o objetivo de ser construtiva. Já vínhamos mesmo estudando algumas mudanças no visual do personagem."

No capítulo de hoje, Luz (Marina Ruy Barbosa) vai surpreender Murilo ao perguntar se ele é mesmo o gato León.

"Me veio uma lembrança há pouco... No dia em que abriu a porta pra mim, lá no casarão, não foi o seu rosto que eu vi... Eu enxerguei o León em vez de você!", diz Luz. Murilo se faz de desentendido, mas a jovem continua: "Essa história do seu sumiço, que você não pode contar porque o meu avô não iria acreditar tem a ver com o León, não tem?".

Murilo rebate: "Não vou delirar a ponto de pensar que você e o gato são a mesma pessoa. Tenho um lado sensitivo forte, mas não posso ir tão longe sem provas...". E pede: "Não vou delirar a ponto de pensar que você e o gato são a mesma pessoa. Tenho um lado sensitivo forte, mas não posso ir tão longe sem provas...".

Mais Notícias