Ibope

"As Aventuras de Poliana" resgata vice para o SBT no PNT, mas novela perde no Rio


asaventurasdepoliana-elenco-assiste-16052018(3)_ecd7e2c638e25f927ad7b8c4a96f3ef538b95eca.jpeg
Sophia Valverde é a Poliana em "As Aventuras de Poliana" - Divulgação/SBT

Estabilizada no horário das 20h30 após três semanas indo ao ar às 21h15, após "Carinha de Anjo", "As Aventuras de Poliana" conseguiu resgatar a vice-liderança no Ibope para o SBT, após várias semanas atrás de "Apocalipse", mas ainda não conseguiu se estabelecer em uma das praças mais críticas para a dramaturgia nacional da casa - o Rio de Janeiro.

Entre os dias 11 e 15 de junho, "As Aventuras de Poliana" alcançou 12,4 pontos de média nacional contra 10 pontos de "Apocalipse", que não perdeu pontos com o avanço da concorrente apesar de ter perdido o posto da vice-liderança.

O folhetim do SBT elevou o Ibope de "Carinha de Anjo", que devido a sua extensão, sangrava no Ibope. Para efeitos de comparação, há três meses (entre 12 e 16 de março), "Carinha de Anjo" tinha apenas 8,4.

O problema da emissora de Silvio Santos, no entanto, ainda segue em emplacar suas tramas infantis no Rio. Enquanto chega a 18,5 pontos em Goiânia e 17,7 em Fortaleza, "Poliana" tem apenas 8,3 pontos no Rio, a segunda média mais baixa do Brasil - perdendo apenas para Florianópolis, com 8,2. Na capital carioca, "Apocalipse" tem uma vice bastante confortável - com 11,4 pontos de média.

Apesar do baixo desempenho, "As Aventura de Poliana" tem mais Ibope que "Carinha de Anjo" na capital carioca. A trama passada chegava a ter 6 pontos de média, índice bastante tímido para o horário nobre. "Cúmplices de um Resgate" tinha números levemente melhores - médias em torno de 9 pontos, mas ainda distantes dos 17 pontos que a Record TV tinha com "A Terra Prometida".

Esses índices são consolidados e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores das cidades mencionadas e de suas respectivas regiões metropolitanas.

Mais Notícias