Renato aponta arma para Juvenal e faz Tomaz de refém: "Para de chorar, ou te quebro"

Fotos: TV Globo/Raquel Cunha

Publicado em 03/05/2018 às 17:19:35

Por: Sandro Nascimento

No capítulo que irá ao ar nesta sexta-feira (4) em "Outro Lado do Paraíso", Renato (Rafael Cardoso) transformará a casa de Juvenal (Anderson Di Rizzi) em um cativeiro para o filho de Clara (Bianca Bin), Tomaz (Vitor Figueiredo).

Na sala da sua casa, o médico começa a arquitetar o plano junto com sua esposa Fabiana (Fernanda Rodrigues). "Só precisamos de uma oportunidade pra eu executar meu plano. Faz uma mala pra mim, outra pra você. Vamos deixar no carro, precisaremos delas a qualquer momento. Vou levar também minha maleta de médico", pede o vilão.

"Renato, está brincando? Eu preciso de uma mala só para meus sapatos", reclama Fabiana, sem entender o motivo do pedido.

"Na hora certa cê vai saber. Mas já me informei. O menino já tá morando com a Clara", responde Renato, que completa: "aquele menino vale muito dinheiro! Aguarde".

Em outra cena, Fabiana está tomando um sorvete quando entra Renato e pergunta se ela deixou as malas preparadas. "Termina depressa. A gente tem que ficar de tocaia na casa da Lívia (Grazi Massafera)", diz ela. "Tocaia?", perguntará a esposa.

"Eu não sei como não entendeu até agora, Fabiana. Nós vamos raptar o filho da Clara. E pedir uma grana alta por ele", responderá. Receosa, Fabiana diz que isso é crime e que ela não vai participar do plano.

"Se quer ficar rica, é a única alternativa pra arrancar o dinheiro da Clara. A grana dela pelo filho. Ela vai topar. Ama demais aquele menino, acabou de conseguir a guarda. Vai pagar o que a gente pedir", fala Renato, numa tentativa de convencer a mulher, que responde: "se ela botar a polícia no meio, estamos fritos". Embora preocupada, ela topa pensando em viagens, restaurantes, roupas e bons vinhos. "Mas sem violência", sugere.


publicidade

Fica combinado entre o casal de esperar Tomaz sair da casa de Lívia para colocar o plano em prática.

Já em outra cena, Renato pede para o filho de Clara entrar no carro. Mas ele fica em dúvida. "É que eu tou na Clara. Ela foi num casamento. Já deve estar chegando. Não posso voltar tarde", diz. "Um pouco mais cedo ou mais tarde não tem diferença. Vem, vou te apresentar minha mulher", responde o médico, que convence o menino a entrar. Neste momento, uma vizinha vê Tomaz saindo, mas não presta muito atenção.

Veja o diálogo dentro do carro:

Tomaz - Eu tou preocupado com o tempo, Renato. A Clara me deixou visitar a Lívia. Se eu abusar, vai proibir. A Lívia é minha mãe, não posso ficar longe dela.

Fabiana - É que eu fiquei de pegar uma pedra que o lapidador reservou para mim.

Renato - Depois a gente dá um oi pro teu bisa, pra dona Mercedes e o Cacau e a gente volta. Jogo rápido.

Neste momento, descem do carro e Renato bate na porta de Juvenal. Dentro da casa, o vilão aponta a arma para o lapidador.

Renato - Perdeu, lapidador. Perdeu.

Juvenal - Pode levar todas as esmeraldas. Mas não atira. Me deixa aqui com o moleque.

Renato - Não tou interessado em esmeralda. Os dois, pro quarto. Pra dentro, pra dentro!

Tomaz (chora) - Renato!

Renato - Para de chorar. Ou te quebro.

O garoto fica assustado.

"O Outro Lado do Paraíso" chega ao fim no dia 11 de maio.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade