Reportar erro
Classificação

Globo planeja reprise de "Celebridade" para maiores de 12 anos

Novela volta em dezembro no "Vale a Pena Ver de Novo"

celebridade1_joão_miguel_junior_dd327266055878b4044f7e3ebd05f1c3351567df.jpeg
Laura (Cláudia Abreu) e Marcos (Márcio Garcia): vilania picante (Créditos das fotos: Globo/João Miguel Júnior e Gianne Carvalho)
Redação NT

Publicado em 24/10/2017 às 07:00:00

Oficializada na última segunda-feira (16), a reprise de “Celebridade” no “Vale a Pena Ver de Novo” deverá ser ajustada para a classificação de 12 anos. Ao menos este é o plano da Globo. Será a primeira vez que a emissora exibirá uma novela com esta recomendação no horário vespertino. Ainda, será mantido o padrão de imagem “ampliada”, tal como acontece com “Senhora do Destino”, atual cartaz das tardes.

A ideia da exibição com faixa etária acima de Livre e 10 anos não implicará na exibição sem cortes da história, entretanto deverá afastar problemas com a classificação indicativa do Ministério da Justiça (MJ). 

Mas o receio de questionamentos de órgãos, como o Ministério Público, pode fazer a emissora voltar atrás. Reprises como “O Clone”, em 2011, e “Laços de Família”, em 2005, estiveram na mira da procuradora da República Márcia Morgado Miranda. Em 2000, a exibição de “A Próxima Vítima” à tarde foi alvo de uma ação da então promotora Patrícia de Oliveira.

A versão original da novela de Gilberto Braga não era recomendada para menores de 14 anos. Sequências com sexo, violência, palavrões e termos agressivos deverão ser suprimidas, mas de forma menos severa do que acontece hoje com “Senhora do Destino”. A história de Aguinaldo Silva sofre com edições que chegam a comprometer o valor artístico da obra, tudo para ajustar à classificação de 10 anos - e mesmo assim, recebeu três advertências do MJ.

Globo planeja reprise de \"Celebridade\" para maiores de 12 anos

Desde setembro de 2016, o Supremo Tribunal Federal suspendeu a vinculação de horários à classificação indicativa. O julgo inconstitucional do artigo 254 do Estatuto da Criança e do Adolescente concedeu às emissoras de TV aberta uma maior liberdade e flexibilidade na programação. A Globo já exibe à tarde o “Sai de Baixo” e alguns filmes da “Temperatura Máxima” na faixa de 12 anos, mas opta por adaptar os produtos de acordo com seu código interno de “Princípios e Valores”, que por vezes chega a ser mais rigoroso que os próprios critérios de classificação indicativa.

A Globo comenta que ainda não está definida a classificação de “Celebridade”, mas crava que manterá o mesmo expediente de adaptar a imagem: “não exibimos nada em 4:3 (SD) desde o ano passado”, disse a emissora, procurada pelo NaTelinha.

Em outros canais, é mais recorrente a exibição de conteúdos de faixa etária elevada. A Record TV, por exemplo, exibe “Ribeirão do Tempo” com sua classificação original, de 14 anos. O SBT nos fins de tarde vinha fazendo o mesmo com a mexicana “No Limite da Paixão”, indicada para maiores de 12. Mas ambos canais adaptam o conteúdo para o horário, retirando sequências mais fortes.

A novela

Centrada na rixa entre Maria Clara Diniz (Malu Mader) e Laura Prudente da Costa (Cláudia Abreu), “Celebridade” foi um enorme sucesso. A trama foi exibida entre outubro de 2003 e junho de 2004 às 21h, discutindo a busca por fama e ascensão a todo custo. Fechou seus 221 capítulos com 46 pontos de média. As divertidas Darlene Sampaio (Déborah Secco) e Jaqueline Joy (Juliana Paes) foram outros destaques da novela, assim como o drama do alcoólatra Cristiano (Alexandre Borges) e a crítica à falta de escrúpulos no jornalismo cultural, por meio de Renato Mendes (Fábio Assunção).

Globo planeja reprise de \"Celebridade\" para maiores de 12 anos

A novela, sempre com muitos pedidos de reprise, tanto na Globo quanto no Canal Viva, teve sua sinopse escrita nos primeiros meses de 2001, mas só foi produzida no segundo semestre de 2003, após ser adiada duas vezes. Primeiro, estava programada para substituir “O Clone” em junho de 2002, mas foi remanejada para o fevereiro de 2003 em virtude da pré-venda de “Esperança” para a Itália. Depois, foi empurrada novamente e perdeu a vaga para “Mulheres Apaixonadas”. Neste segundo caso, a troca aconteceu para que o autor realizasse ajustes na trama: Maria Clara, originalmente estrela do telejornalismo, passou a ser produtora de eventos.

Com direção de Dennis Carvalho, a reestreia de “Celebridade” está programada para dezembro.