Confira atores confirmados em "Rosa Choque", a próxima das 19h da Record TV

Cristianne Fridman é a autora de "Rosa Choque", a próxima novela das 19h da RecordTV - Divulgação

Publicado em 14/10/2017 às 14:58:31 , atualizado em 14/10/2017 às 17:12:24

Por: Redação NT

Com os trabalhos de "Apocalipse" já iniciados, a Record TV passou a concentrar seus esforços na escalação de elenco de "Rosa Choque", título provisório da nova novela de Cristianne Fridman e que substituirá "Belaventura" na faixa das 19h em 2018.

Dudu Azevedo, atualmente interpretando o Asher em "O Rico e Lázaro", emendará mais um protagonista. Ele será o machista Antônio, que contracenará com Sofia, uma mulher feminista cuja atriz ainda não foi confirmada. Curiosamente estão no páreo todas as últimas protagonistas de novelas infantis do SBT - Manuela do Monte, Rosanne Mulholland, Graziela Schmitt e Juliana Baroni.

Também foi escalada a atriz Polliana Aleixo, que terá neste seu primeiro trabalho fora da Globo. Ela, que atuou em novelas como "Tempos Modernos", "Insensato Coração" e "A Vida da Gente", fará sua estreia na RecordTV.

O mesmo ocorrerá com Brenno Leone, que estreou em 2008 na Globo na novela "Três Irmãs" e que de lá para cá só atuou na emissora carioca. Sua contratação pela RecordTV foi anunciada nesta semana.

Ricky Tavares e Beth Goulart, que trabalharam com Cristianne Fridman em "Vidas em Jogo" e "Vitória", também foram confirmados. Giselle Batista, Gustavo Rodrigues, Rafael Gevu, Letícia Peroni e a ex-"Malhação" Cacá Ottoni também estão no time.

"Rosa Choque" também marcará a volta de Suzana Alves e Theo Becker às novelas da Record TV. Suzana atuou em "Cidadão Brasileiro", em 2006. Após passagens pelo cinema, teatro e pelo "Dancing Brasil", a atriz está de volta à dramaturgia da casa. Já Theo Becker também está de volta à dramaturgia da casa 10 anos após deixar "Os Mutantes - Caminhos do Coração", onde interpretou o circense Fernando.

"Rosa Choque" é a primeira novela de Cristianne Fridman após quase dois anos fora da emissora. Ela colaborou nos primeiros capítulos de "O Rico e Lázaro" e agora está dedicada à sua nova história. Seu último trabalho próprio havia sido "Vitória" (2014).

A direção-geral será de Rudi Lagemann, que estreia como diretor-geral após diversos trabalhos como diretor na RecordTV - tais como "Rebelde", "Chamas da Vida" e "Bela, a Feia".



LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade