Sucesso de "Avenida Brasil" na Argentina faz Telefe editar e esticar novela

Sucesso de
Carminha (Adriana Esteves) e Max (Marcello Novaes) são os vilões de "Avenida Brasil" - Divulgação/Globo

Publicado em 20/06/2014 às 14:57:38

Por: Sem autor

Às vésperas do desfecho de "Avenida Brasil", maior sucesso de sua grade atualmente, a Telefe tem recorrido às mais diversas maneiras para prorrogar o folhetim da Globo no ar pelo maior tempo possível na Argentina.

A história de João Emanuel Carneiro, que deveria ter sido encerrada no começo deste mês, está sendo esticada pela Telefe, que recorreu a recursos de edição para que o desfecho só ocorra no começo de julho.

Os capítulos propriamente ditos, que já chegaram a durar quase duas horas nas semanas iniciais, passaram a ser exibidos a conta-gotas. Para emplacar a sucessora "Camino al Amor", "Avenida" passou a ter apenas 30 minutos de exibição - sendo que ao menos um terço deste tempo vem sendo destinado aos comerciais.

Além disso, a Telefe tem apostado na criação de flashbacks inexistentes no roteiro original. Tal modelo consiste em fazer com que personagens se lembrem de momentos ocorridos no passado, o que permite que os capítulos ganhem volume sem o gasto de material inédito. Este recurso não é inédito e já foi bastante utilizado no Brasil. O SBT, por exemplo, recorreu a ele em "Pantanal" (2008) e na reprise de "Canavial de Paixões" (2010).
 


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!