Cristianne Fridman desmente fim do RecNov e fala sobre "Vitória"

Cristianne Fridman fala sobre "Vitória", a nova novela da Record - Divulgação/Record

Publicado em 21/05/2014 às 13:51:09

Por: João Gabriel Batista

Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (21), Cristianne Fridman, autora de “Vitória”, desmentiu rumores que vêm circulando acerca do futuro da dramaturgia da Record e antecipou alguns detalhes sobre sua história.
 
A autora reconheceu a existência de uma série de boatos que indicavam o fim do RecNov e a sua venda para outros donos. O complexo de estúdios foi adquirido pela Record em 2005 e muito vem se falando em sua desativação após diversos erros e dos baixos índices conquistados com as novelas de 2012 para cá.
 
No entanto, Fridman fez questão de desmentir e enalteceu a importância do núcleo: “Num país como o nosso, é muito importante que tenha, no mínimo, duas emissoras de qualidade produzindo teledramaturgia brasileira. Isso é uma vitória!”. A declaração arrancou aplausos da plateia. “Eu já acho que hoje nós já alcançamos uma grande vitória!”, concluiu.
 
Além disso, a roteirista antecipou algumas novidades que surgirão em sua história. “A novela é atual. Não gosto daquela novela que a gente assiste e vê as mesmas coisas. Não tem o mocinho e a mocinha chata, não tenho personagem bom e mauzinho. Todos são bons e maus, têm seus defeitos”.

"Vitória" estreia no dia 02 de junho, substituindo "Pecado Mortal" na faixa das 21h30.
 


COMENTÁRIOS