Reportar erro
Lista NT

No Dia Internacional da Música, confira sete clássicos musicais do cinema

O Mágico de Oz
Fotos: Divulgação
Taty Bruzzi

Publicado em 01/10/2018 às 14:52:45

Nesta segunda-feira (1º), comemora-se o Dia Internacional da Música. A música sempre esteve presente em nossas vidas. Uma boa trilha sonora é capaz de valorizar ainda mais uma história contada na TV, no cinema ou nos palcos.

Em homenagem à data, destacamos sete musicais inesquecíveis, verdadeiros clássicos do cinema.

Confira:

“O Mágico de Oz” (1939)

Baseado no livro infantil escrito por L. Frank Baum, o filme conta a história de Doroty (Judy Galard), uma garotinha que vai parar em um mundo desconhecido e conta com a ajuda de um leão, um homem de lata e espantalho na busca pelo caminho de volta para casa.

“Cantando na Chuva” (1952)

No Dia Internacional da Música, confira sete clássicos musicais do cinema

Estrelado por Gene Kelly e Gean Hagen, que interpretam dois grandes astros do cinema mudo que se veem diante do desafio de se adaptarem ao cinema falado, mantendo o sucesso e a visibilidade com o público.

“Sete Noivas Para Sete Irmãos” (1954)

No Dia Internacional da Música, confira sete clássicos musicais do cinema

Na pequena cidade de Pontipee, o irmão mais velho de uma família formada por sete rapazes se casa durante sua ida ao centro da cidade grande na esperança de ter alguém que transformasse a casa onde eles viviam, no campo, em um lar de verdade. Inicialmente, o seu casamento provoca inveja nos demais. Entretanto, a convivência com uma figura feminina os deixa mais civilizados e prontos para encararem à cidade. É durante uma festa que os irmãos conhecem algumas moças e se apaixonam, mas por causa de uma confusão eles se tornam indesejados. Então, decidem roubá-las na calada da noite, o que provoca a maior confusão. Com direção de Stanley Donney e coreografado por Michale Kidd, o elenco é formado por um incrível grupo de bailarinos que cantam e dançam em belas sequências.

“Mary Poppins” (1964)

No Dia Internacional da Música, confira sete clássicos musicais do cinema

Na Londres de 1910, George Banks (David Tomlinson) solicita uma babá para seus filhos através de um anúncio depois que a última funcionária abandonou o cargo por não aguentar mais as peraltices do filho do banqueiro. No entanto, seus filhos reescrevem o anúncio citando quais características seriam ideais para a nova babá, mas o pai das crianças descobre, rasga e o joga na lareira. O vento faz os pequenos pedaços de papel voarem na direção de uma nuvem. Surge, então, Mary Poppins (Julie Andrews), uma misteriosa mulher que usa um guarda-chuva mágico como pára-quedas e acaba conquistando toda a família.

“A Noviça Rebelde” (1965)

No Dia Internacional da Música, confira sete clássicos musicais do cinema

Na Áustria, no final da década de 30, época em que o nazismo começava a querer se instaurar no país, uma noviça (Julie Andrews) deixa o convento para ser governanta na casa do capitão Von Trapp (Christopher Plummer), um viúvo que cria os setes filhos como se estivessem em um regime militar. Sua chegada traz alegria e esperança àquela família.

“A Bela e a Fera” (1991)

No Dia Internacional da Música, confira sete clássicos musicais do cinema

Produzido pela Disney, o desenho já havia deixado muitas crianças e adultos encantados quando lançado no início da década de 90. Ano passado, a versão live-action estrelada por Emma Watson não deixou a desejar, arrancando lágrimas de quem foi ao cinema. Na Trama, Belle é uma linda camponesa que se deixa aprisionar por uma Fera em um castelo no meio da floresta para salvar seu pai, um velho inventor que havia sido capturado depois de tentar roubar uma rosa do seu jardim para presentear a filha. A Fera na verdade é um príncipe sob o feitiço de uma bruxa que o condenou, e a todos em seu castelo. Ele só irá recuperar sua aparência quando apaixonar-se de verdade por uma moça e ela retribuir seu amor, o que independe da sua aparência.

“Moulin Rouge” (2001)

No Dia Internacional da Música, confira sete clássicos musicais do cinema

Na trama, Christian (Ewan McGregor) é um jovem escritor. Contrariando o seu pai, o poeta se muda para o bairro boêmio de Montmatre, em Paris, e conhece Henri de Toulouse-Latrec (John Leguizamo), um homem que o apresenta a um universo social e cultural qe gira em torno de “Moulin Rouge”, uma famosa boate. Em sua primeira visita, Christian se apaixona por Satine (Nicole Kidman), uma bela cortesã e principal atração da casa, e a quem servirá de estímulo para sua obra.

Mais Notícias