Baixas

Mais da metade dos programas mais populares da Netflix pode sair do catálogo

Netflix pode ter que desembolsar mais por filmes e séries

O logo da netflix

Publicado em 25/12/2018 às 17:11:10 ,
atualizado em 26/12/2018 às 12:50:09

Por: Thiago Forato

O ano de 2019 será um divisor de águas no mundo do serviço por streaming, principalmente para a Netflix e seus clientes.

De acordo uma empresa de análises, a Jumpshort, mais da metade dos 50 programas mais populares da Netflix é licenciado por empresas como a NBCUniversal e a WarnerMedia, que planejam iniciar seus próprios serviços on-demand.

Isso, em tese, é uma má notícia para os assinantes, que podem ver séries como "The Office" e "Grey's Anatomy", darem adeus.

Gigantes do entretenimento como a Disney e a empresa de tecnologia Apple também vão lançar seus streamings, e isso significa que a Netflix pode ter que desembolsar ainda mais dinheiro para manter diversos produtos no catálogo.

Para se proteger disso, a Netflix vem ampliando seus investimentos em conteúdo original e produzirá mais séries e filmes em outros lugares do mundo, como a Europa, Ásia, África e América Latina.

Produzir conteúdo próprio é um mecanismo para se proteger de futuras perdas e amenizar uma possível queda de assinantes, que alguns analistas projetam.



publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!