Piratas do Caribe

Fãs criam abaixo-assinado pedindo a volta de Johnny Depp como Jack Sparrow

Fãs criam abaixo-assinado pedindo a volta de Johnny Depp como Jack Sparrow
Divulgação

Publicado em 27/03/2019 às 16:11:13

Por: Taty Bruzzi

Os últimos três anos não foram fáceis para Johnny Depp. Depois de ser citado em um caso de violência doméstica, o ator de Hollywood acabou perdendo trabalhos e passou por uma séria depressão.

Apontado por Amber Heard como agressor, a acusação da sua ex-mulher nunca ficou provada. Entretanto, ao que tudo indica, logo após o divórcio a estrela de “Aquaman” continuou usando o fato para se promover e sujar a imagem do astro.

Agora, a situação se reverteu. Cansado de ter o seu nome envolvido em uma farsa, Depp conseguiu reunir provas documentais a seu favor e entrou com uma ação contra a ex por difamação.

De acordo com os autos do processo de separação do casal, na época ficou provado que era ela quem o agredia. Tendo, inclusive, decepado parte do seu dedo, que precisou ser reimplantado, com uma garrafa de vodca quebrada.

Para encerrar o caso e evitar problemas judiciais contra Amber, o casal concordou em não tocar mais neste assunto publicamente. Porém, a atriz nunca cumpriu o que foi combinado judicialmente.

Sem citar nomes, Heard continuou insinuando ter sido mais uma vítima das estatísticas de violência contra a mulher. Tendo, inclusive, feito parte do movimento “Me Too”, ação promovida por celebridades contra abusos cometidos na indústria cinematográfica.

Agora, a nova ação de Johnny Depp contra a atriz prevê indenização milionária. O processo se estendo aos tabloides sensacionalistas que ajudaram a caluniá-lo. Desde então, a própria imprensa internacional passou a dar voz ao astro de “Animais Fantásticos”.

Em contrapartida, Amber tem visto sua reputação cair ladeira abaixo. A atriz já perdeu contrato com a marca de Cosméticos L'Oréal, trabalho que havia conseguido por conta da sua participação na campanha “Me Too”.

Além disso, um movimento promovido nas redes sociais foi lançado recentemente pedindo que a atriz fique de fora da sequência de “Aquaman”. A produção da DC Comic foi considerada uma das maiores bilheterias de todos os tempos.

Curiosamente, a iniciativa é semelhante ao que ocorreu com Depp em 2017, quando fãs da saga "Harry Potter" ameaçaram boicotar a estreia de “Animais Fantásticos - Os Crimes de Grindelwald”, caso o ator fosse mantido no papel do vilão.

Ele não só atuou no filme lançado ano passado como o seu nome continua fazendo parte da franquia que prevê ainda mais três longas. Por outro lado, Johnny não irá mais interpretar Jack Sparrow em “Piratas do Caribe”.

A justificativa da Disney para a rescisão do contrato é a ideia de se produzir um reboot da franquia lançada em 2003 tendo uma protagonista mulher. Verdade ou não, acredita-se que Depp foi prejudicado por conta das mentiras contadas por Heard.

Há cerca de três meses, um abaixo assinado on-line foi criado pedindo que o ator seja mantido no papel pelos estúdios. Com a reviravolta no caso entre ele e a ex-mulher, somente agora a petição ganhou força.

Clique aqui e confira a petição.

TAGS:


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!