Sete atores que mudaram radicalmente a aparência por conta de um trabalho

Divulgação

Publicado em 06/06/2018 às 16:34:52 ,
atualizado em 06/06/2018 às 17:00:46

Por: Taty Bruzzi

Na última semana, Johnny Depp ganhou as páginas de tabloides depois de posar com alguns fãs e as imagens irem parar nas redes sociais. O motivo para tanto burburinho seria a aparência do ator, que surgiu mais magro que de costume, pálido e aparentemente abatido.

Não demorou muito para os internautas levantarem suspeitas a respeito da sua saúde. Entretanto, fontes ligadas à Depp garantem que tudo não passa da preparação para o papel de um personagem em fase terminal, em seu próximo filme.

Assim como o astro, muitos atores e atrizes também já tiveram que abrir mão da vaidade e passar por processos de perda ou ganho de peso por conta de um papel.  Destacamos sete deles.

Confira!

Camila Morgado

No ar na atual temporada de "Malhação", Camila Morgado é uma das mulheres mais bonitas da TV brasileira. Dona de madeixas ruivas e olhos azuis, a atriz precisou se desfazer de qualquer vaidade para interpretar uma guerrilheira no cinema. Lançado em 2004, o filme "Olga" conta a trajetória de Olga Benário, uma militante comunista perseguida pela polícia alemã que foge para o Brasil na companhia de Luiz Carlos Prestes (Caco Ciocler), que se torna seu companheiro. Posteriormente, ela é presa e deportada para a Alemanha Nazista grávida e dá à luz na prisão, antes de ser condenada à câmara de gás. Para o papel, Camila perdeu alguns quilos, raspou os cabelos e ainda passou por um treinamento militar.

Charlize Theron

Em "Monster" (2003), Charlize Theron interpreta uma homossexual que se prostitui para ganhar a vida. Após ter sido brutalmente violentada por um cliente, ela o mata e decide largar a profissão, mas como não consegue trabalho em outra área, retoma o ofício. Entretanto, passa a roubar e assassinar todos os seus clientes, até ser presa e condenada à pena de morte. Baseado em fatos reais, para o papel que lhe deu o Oscar de Melhor Atriz Charlize Theron engordou 15 kg, além de surgir em cena com os cabelos maltratados, a pele e os dentes manchados.


publicidade

Christian Bale

Em 2004, Christian Bale emagreceu 28 kg para interpretarTrevorReznik, operário de uma fábrica que sofre de insônia há mais de um ano no filme "The Machinist". O transtorno lhe causa sérios problemas físicos, perfeitamente observados, e mentais. Um dia, enquanto se distrai um colega de trabalho se machuca e perde o braço. Paranóico, Reznik acredita ser o culpado pelo acidente e que os demais colegas o estão perseguindo. No decorrer da trama, seu maior desafio é recuperar a sanidade e garantir seu emprego. Seis meses depois, o ator já havia adquirido 50 kg de músculos para interpretar o milionário Bruce Wayne no filme "Batman Begins".

Daniel de Oliveira

O ator levou muito expectador às lágrimas ao interpretar o cantor Cazuza em "Cazuza - Só As Mães São Felizes" (2004). Baseado no livro homônimo escrito por Lucinha Araújo, mãe do roqueiro, o filme conta a trajetória do astro da música, desde a formação da banda Barão Vermelho passando pela carreira solo, a descoberta de ser um portador do vírus HIV e finalizando com sua morte. Para a segunda fase, na qual o cantor já está bem debilitado por conta da doença, Daniel de Oliveira precisou perder 11 kg. As imagens e semelhança entre o ator e o cantor impressionam.

Jared Leto

Galã e vocalista da banda "ThirtySecondtoMars", Jared Leto faturou a estatueta de Melhor Ator Coadjuvante quando interpretou um transexual, portador do vírus HIV, no filme "Clube de Compras Dallas", lançado em 2013. Para o papel, o ator de cabelos longos e olhos azuis precisou perder 14 kg e depilou todos os pelos do corpo. Além disso, ele surgia em cena com unhas postiças e peruca. Vale lembrar que em 2008, JaredLeto engordou 30 kg para interpretar Mark Chapman no filme "Capitulo 27 – O Assassinato de John Lennon".

Matthew McConaughey

Em "Clube de Compras Dallas", o ator interpretou o protagonista Ron Woodroof, um homofóbico, viciado em drogas e sexo, que descobre ser portador do vírus HIV. O ano era 1986, época em que o governo americano disponibilizava apenas o AZT como medicamento legal para aidéticos.Inconformado com a sentença de que tinha apenas um mês de vida, Woodroofdecide contrabandear medicamentos alternativos e experimentais, levando as indústrias farmacêuticas dos EUA a travarem uma guerra contra ele. Graças a esses medicamentos, ele prolongou sua vida até 1992, ano de sua morte. Para o papel que lhe rendeu o Oscar de Melhor Ator, Matthew McConaughey mudou radicalmente sua aparência.

Tom Hanks

Em 2000, o ator interpretou Chuck Noland, executivo da FedEx que sofre um acidente aéreo durante uma tempestade e passa muito tempo perdido e sozinho em uma ilha do Oceano Pacífico. Para o papel, Tom Hanks inicia o filme pesando 80 kg, mas perde 20 kg para dar mais veracidade à história. Além disso, ele deixou a barba e os cabelos crescerem e não depilou nenhum pelo do corpo durante as filmagens. Os fios surgem maltratados e queimados do sol, assim como a sua pele em quase todo o filme. O sacrifício lhe rendeu o Globo de Ouro como Melhor Ator em Filmes Dramáticos. Em 1993, Hanks já havia passado por um longo processo de perda de peso e mudança de aparência para interpretar um advogado homossexual que perde o emprego na empresa em que trabalha por ser portador do vírus HIV, em "Philadelphia". O papel lhe rendeu o Oscar de Melhor Ator.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade