Reportar erro
Luto

Morre jornalista brasileiro que afirmava que Michael Jackson estaria vivo

Dirceu Santana Jackson tinha 48 anos e era fã do cantor

jornalistadirceujackson_1cea3984beeee12d9dc277cf154de21f497f3ae3.jpeg
Reprodução/ RecordTV
Diego Falcão

Publicado em 05/06/2017 às 13:45:55

Morreu na última quarta-feira (31), aos 48 anos, Dirceu Santana Jackson, após sofrer duas paradas cardíacas. O jornalista ficou conhecido por afirmar que Michael Jackson estaria vivo (veja vídeo no final da reportagem).

Ele estava internado no hospital Geral Vila Penteado, em São Paulo, tratando uma pneumonia.

A notícia da morte foi dada pela filha mais velha de Dirceu, Michelle Gonçalves Tyler, que escreveu no Facebook: "Olá, sou a filha mais velha do Dirceu Jackson. Meu pai infelizmente morreu na madrugada de ontem (quarta-feira 31) às 02:25 teve duas paradas cardíacas".

Eu quero agradecer a todos vocês que gostavam do Dirceu, que acreditavam nele em suas teses sobre o Michael

Viviane Santos

"Infelizmente não resistiu a segunda, o laudo da morte foi de infarto e pneumonia. Velório e enterro foi hoje (quinta-feira (1) . Desejo a todos outros fãs do Michael paz e amor vida de vocês . Espero que o meu pai esteja junto com o Michael agora", finalizou.

 Morre jornalista brasileiro que afirmava que Michael Jackson estaria vivo

A esposa de Dirceu Santana também usou a rede social para falar sobre a morte do marido: "Eu quero agradecer a todos vocês que gostavam do Dirceu, que acreditavam nele em suas teses sobre o Michael".

Em 2014, Dirceu afirmou que Michael Jackson estaria vivo. A revelação foi feita no programa "Domingo Show", apresentado por Geraldo Luís na RecordTV.

Na entrevista, ele falou sobre sua paixão sobre o astro pop que teve início ainda nos anos 70: "Tudo começou, em 1978, aos oito anos, quando o meu pai – que era diretor da Sony Music – me trouxe um disco do Michael Jackson com a música 'Don´t Stop Til You Get Enough'. Foi a partir daí que comecei a gostar bastante dos trabalhos do Michael".

Ele conseguiu se tornar próximo da família do Rei do Pop e ficou chocado ao saber da morte de Michael: "Quando anunciaram a morte dele eu chorei muito e fiquei mal. Depois, eu sonhei com ele num lugar. Ele me disse que não tinha morrido e até me abraçou. Em seguida, eu recebi alguns e-mails dele pedindo pra eu avisar os fãs que ele não tinha morrido", disse no programa.

Baseado em pesquisas, a TV NaTelinha na época separou cinco evidências levantadas pelo jornalista. O vídeo alcançou enorme repercussão.

Relembre:

Mais Notícias
Outros Famosos