Famosos

Maju Coutinho fala sobre ataques racistas: chorei abraçada com o meu marido

Jornalista foi vítima de diversos ataques na WEB


mariajuliacoutinho.jpg
Foto: Divulgação
A jornalista Maria Julia Coutinho voltou a falar sobre os ataques de racismo que recebeu na internet em maio deste ano. As mensagens ofensivas da garota do tempo do "Jornal Nacional" foram escritas em sua página do Facebook.
 
Em entrevista à revista "Claudia" deste mês, Maju falou sobre o assunto: "Naquele dia, preocupada, liguei para minha mãe. Ela se abalou, ficou mal. E eu fechei a porta do quarto e chorei abraçada com o meu marido. Um choro por me sentir também acariciada por milhares de pessoas que se solidarizaram". 
 
 
E continuou: "Muita gente imaginou que eu estaria chorando pelos corredores. Eu já lido com essa questão do preconceito desde que me entendo por gente. Fico muito indignada, mas não esmoreço, não perco o ânimo. A militância que faço é o meu trabalho, com carinho, dedicação e competência".
 
Ainda na entrevista, a jornalista que recebeu o apoio de todo o Brasil, revelou que o primeiro preconceito racista que aconteceu foi aos seis anos na escola: "Uma garota me encarou para dizer: "Você tem tudo preto na vida. Seu cabelo, seu carro, sua casa". E, olhando para outras crianças, determinou: "Não brinquem com ela, porque tudo nela é preto".
 
 
Vítimas
 
Além de Maju, outras famosas receberam ataques racistas na web. Depois de Taís Araújo, nesta segunda-feira (30) a atriz Cris Vianna também se viu vítima de um grupo de internautas que a atacaram no Facebook, conforme noticiado pelo NaTelinha.
Mais Notícias
Outros Famosos