Famosos

Pai de Cristiano Araújo entra na Justiça para tirar imagens de corpo da web

Cantor sertanejo morreu em junho após um grave acidente de carro


cristianoaraujo-cantando.jpg
Divulgação

Pouco depois da morte do cantor sertanejo Cristiano Araújo, em 24 de junho deste ano, vazaram imagens de sua necropsia na internet e redes sociais, sendo compartilhadas por muitas pessoas. Até hoje, fotos do corpo do artista podem ser encontradas facilmente.

Para tentar acabar com isso, o pai de Cristiano, João Reis de Araújo, protocolou no Tribunal de Justiça do Estado de Goiás um pedido contra as empresas Google, Yahoo, Facebook e Microsoft para excluírem de seus servidores qualquer conteúdo chocante da necropsia, velório ou local do acidente.

O advogado de direito digital Rafael Maciel, que representa o pai do cantor, realça que tal exposição trata-se de ato ilícito, podendo chegar até a um ato criminal. Na ação, o profissional alega que o pai de Cristiano Araújo evita acessar a internet, já que o principal conteúdo sobre o filho está ligado ao acidente que causou sua morte.

Ainda não há uma data prevista para um possível julgamento do caso, mas a intenção do advogado não é prolongar o processo, e sim chegar a um acordo com as empresas.

Cristiano Araújo faleceu após um grave acidente de carro na rodovia Transbrasiliana (BR-153), na altura do quilômetro 613, entre as cidades de Goiatuba e Morrinhos, em Goiás.

Ele voltava de um show quando o veículo, dirigido por seu motorista, capotou por volta das 3h. Sua namorada Allana Moraes morreu na hora. O cantor chegou a ser atendido, mas não resistiu.

Mais Notícias
Outros Famosos