Reportar erro
Daniel chegou!

O que esperar de Rafael Cardoso em "Espelho da Vida"?

Novo personagem do galã estreou nesta quinta

Rafael Cardoso
Rafael Cardoso estreia seu novo personagem em "Espelho da Vida" - Foto: Reprodução/Globo
Laís Lubrani

Publicado em 17/01/2019 às 22:01:20

Foi ao ar nesta quinta-feira (17) o capítulo em que Daniel aparece em "Espelho da Vida", novela das 18h da Globo. O artista plástico é a reencarnação de Danilo, amor de Júlia Castelo na década de 1930 e que também será vivido por Rafael Cardoso, um dos personagens principais da trama escrita por Elisabeth Jhin.

Principais? Não foi o que pareceu. A novela, que estreou no final de setembro do ano passado e que só apresentou agora o personagem de Rafael nos dias atuais, pareceu até mesmo desprezar o ator. O final da cena desta quinta, que termina com o rosto do galã, deixou a pergunta que intitula este texto: Qual a expectativa do público para a estreia de Rafael no século 21?

Eu posso tentar lhes responder: A expectativa é grande. A audiência - como já foi noticiado aqui no Natelinha - está baixa e muito se deve a ausência do personagem que vive a atual encarnação do filho de Hildegard, vivido por Irene Ravache. A entrada de Daniel é esperada não só pelo público - que o colocou nos Trending Topics do Twitter - mas talvez seja da própria autora também, na tentativa de alavancar a audiência da trama.

O personagem ainda deve demorar para se encontrar com o de Vitória Strada. Cris está vivendo de maneira contínua no passado e deve demorar para voltar à Rosa Branca dos dias atuais. Até lá, Daniel também deverá viajar às terras brasileiras, já que apareceu em Portugal. O que significa que: esperaremos muito tempo até que algo aconteça, e até lá, Cardoso precisa envolver o público fiel à novela e surpreender àqueles que já tinham desistido de assisti-la.

Rafael tem, portanto, uma árdua missão pela frente, que vai muito além de decorar falas. Tem a incumbência de mostrar por que seu nome é um dos primeiros a aparecer na abertura. E de fato, ganhar um espaço que mereça isso.

Acho que o público já tá saturado de ser feito de carretel. Desenrola esse enredo logo, Jhin!