Chris Brown relembra brigas com Rihanna: "Ela começou a me bater"

Ele também afirmou que ainda ama a cantora

Reprodução

Publicado em 16/08/2017 às 16:41:37 , atualizado em 16/08/2017 às 17:30:11

Por: Diego Falcão

Chris Brown lançou um documentário chamado "Chris Brown: Welcome to My Life" (Bem-vindo à minha vida), que está sendo divulgado nas suas redes sociais. Ele comentou da noite em que agrediu a cantora Rihanna, sua ex-namorada.

Eu ainda a amo, mas eu vou ser honesto. Nós brigávamos, ela me batia, eu batia nela, nunca foi tudo bem.

Chris Brown

O caso foi bastante noticiado na mídia na época. Chris afirmou no vídeo que foi Rihanna quem começou a agredí-lo, mas não nega o soco que deu e rasgou o lábio da cantora: "Ela começou a me bater, dentro do carro. (...) Como eu lembro, ela tentou me chutar, mas aí eu realmente acertei ela. Com o punho fechado, eu dei um soco, e isso rasgou o lábio dela. Quando eu vi, fiquei em choque. Pensei: 'Caramba, porque eu bati nela assim?'".

Relembre os escândalos mais polêmicos envolvendo o rapper Chris Brown

Ele detalhou outros momentos tensos com Rihanna. Segundo Chris, as brigas se tornaram comuns e na maioria delas físicas. "Depois do que aconteceu, ela me odiava. Eu tentei de tudo, mas ela não confiava em mim. Tudo piorou a partir daí. Eram brigas verbais que se tornaram brigas físicas, dos dois lados", relatou.

Chris Brown e Rihanna, Madonna e Sean; relembre casais protagonistas de verdadeiros barracos

O rapper também afirmou que ainda ama Rihanna: "Eu ainda a amo, mas eu vou ser honesto. Nós brigávamos, ela me batia, eu batia nela, nunca foi tudo bem. Quando eu subia no palco, eu tinha arranhões no meu rosto e falava que havia caído. Se você tem um machucado ou hematoma, você põe maquiagem".



publicidade

TAGS:

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade