Reportar erro
Amizade estremecida

BBB20: Prior rompe com Babu e 'descasca' o brother: "Está de hipocrisia"

Arquiteto desabafou com Flayslane e apontou defeitos no jogo do ator carioca

Babu Santana e Felipe Prior durante o BBB20
Felipe Prior voltou a tecer críticas contra Babu Santana no BBB20 - Foto: Globo/Montagem
Redação NT

Publicado em 31/03/2020 às 19:14:42

A amizade entre Felipe Prior e Babu Santana no BBB20 está estremecida depois de semanas de paz. Os dois começaram a se desentender na semana passada e não conseguiram mais selar a harmonia entre eles. No final da tarde desta terça-feira (31) o arquiteto foi desabafar com Flayslane sobre atitudes do ator carioca que não está mais concordando.

"Você está entendendo o que eu estou pensando, o que eu não concordo? Isso aqui. Está pensando na outra semana, porque ele sabe que, na outra semana, fica você, pode ficar a Mari e pode ficar eu. Aí o foco continua sendo nós três, e ele sai de novo", iniciou Prior, que enfrenta Manu Gavassi e Mari Gonzalez no paredão desta semana.

Prior continuou comentando sobre o amigo e condenando algumas atitudes do mesmo. "Ele virou para mim e falou: 'Eu não quero mais ter contato com ninguém. Eu não consigo ser que nem você, de buscar conversa'. Quem está buscando conversa agora é ele. É onde eu acho que ele está fazendo dois... Está de hipocrisia", disparou.

Felipe Prior compara Babu com Mari no BBB20

Ainda na conversa com Flayslane, o jovem comparou o ator carioca com Mari Gonzalz. "É onde eu fico chateado. É onde eu acho que julga a Mari de ficar em cima do muro, mas está fazendo igual agora", apontou. Na sequência, o arquiteto seguiu criticando colega de confinamento.

"Ele está meio que me empurrando e se safando. A nossa política era o quê? Vamos dar a mão os dois, ficar no nosso canto. Se vierem nos atacar, a gente junta voto e tenta contra-atacar", disse Prior, que ainda afirmou: "Não está sendo essa política. A política está sendo: Prior está sendo o foco, vou deixar o Prior como foco, e eu vou manter no banho-maria umas três ou quatro pessoas para não tomar voto."

Mais Notícias