Reportar erro
Entenda

Estreia do "BBB19" se inspira em séries americanas

Alan no BBB19
Alan é um dos participantes do "BBB19" - Reprodução
Naian Lucas

Publicado em 16/01/2019 às 19:49:40

A estreia do “Big Brother Brasil 19” movimentou a televisão brasileira na noite desta terça-feira (15). Para tentar deixar o primeiro episódio da nova edição mais dinâmica, os roteiristas e edição do reality show mais popular do país utilizaram referências das séries americanas.

Ao divulgar os 17 participantes para o público, a direção do programa optou por mostrar uma cena do confinado na casa dialogando com algum brother e depois exibir seu vídeo de apresentação. Esse recurso é muito utilizado nas séries americanas desde a criação de "Lost". Antigamente, os seriados gostavam de usar flashbacks para explicar determinada ocorrência nas histórias, como é o caso do “The Sopranos”, que acaba recorrendo a essa ferramenta.

Já as séries mais atuais utilizam os flashbacks, que narram o passado dos personagens, mas também o flashforward. Essa técnica de roteiro é a interrupção de uma sequência cronológica narrativa pela intercalação de acontecimentos subsecutivos, ou seja, é quando a produção quer apresentar ao telespectador um momento da história no futuro.

Estreia do \"BBB19\" se inspira em séries americanas

Foi isso que aconteceu com o “BBB19”. Nas outras edições, o programa exibia o vídeo de apresentação dos novos brothers e o apresentador, no caso Tiago Leifert, conversava com eles na casa.

Na temporada 19, o reality show resolveu mostrar uma cena do participante em algum cômodo da casa e, logo em seguida, cortava para as imagens de apresentação, tendo como intenção movimentar o primeiro episódio.

BBB e a dramaturgia

Não é a primeira vez que o “Big Brother Brasil” recorre à dramaturgia para criar os seus roteiros. Analistas de televisão sempre apontaram que o “BBB” era uma extensão das novelas das nove, pois a direção criava grupos para poder dividir os participantes entre vilões e mocinhos.

A atração chegou a brincar sobre o tema, criando em 2010 um quadro cômico para tratar dos acontecimentos da semana na casa como se fosse uma novela mexicana. Com narração parecida com os produtos latinos, Anamara, mais conhecida como Maroca, e Marcelo Dourado, vencedor daquela edição, tornaram-se as maiores vítimas da brincadeira.

A tirar pela estreia da décima nona edição, a expectativa é que, embora reality show, o “Big Brother Brasil” se mantenha com o olhar próximo da dramaturgia.

TAGS:
Mais Notícias