Vídeos NT

Um ano sem Bolaños: confira cinco momentos mais engraçados de Chaves

Eterno Chaves e Chapolin


Há exatamente um ano, no dia 28 de novembro de 2014, morria Roberto Gómez Bolaños, o eterno Chaves e Chapolin.

O ator, comediante e roteirista faleceu aos 85 anos em sua casa na cidade de Cancún, no México, vítima de uma parada cardíaca. Chespirito estava com problemas respiratórios, dificuldades para se locomover e se mexer, e por isso havia se isolado com a família em busca de ar puro.

Devemos nos lamentar por sua perda física, mas nos orgulhar e nos contentar pelo legado deixado. Suas obras resistiram por décadas ainda que tenhamos programas com maior orçamento, pessoas e o que a tecnologia pode oferecer, mas nada igual a Bolaños, um sinônimo de alegria.

* Publicado originalmente em 28/11/2015