Rejeitada?

Cinco motivos que explicam porque Amor de Mãe ainda não decolou

Trama de Manuela Dias não tem ido bem na audiência neste fim de ano


Regina Casé como Lurdes em Amor de Mãe
Lurdes (Regina Casé) chorando em Amor de Mãe - Foto: Reprodução/Globo

Desde a estreia, no final de novembro, Amor de Mãe sofre com perda de público e está com sua média parcial abaixo da casa dos 30 pontos, o que já vem fazendo com que a Globo inicie alterações discretas para tentar melhorar os índices.

A novela de Manuela Dias foi vendida como um sopro de criatividade no horário com muita gente apostando nos corredores da emissora que seria um novo rumo para a dramaturgia. Apesar de realmente apresentar fatos novos, a audiência até o momento é inconstante e a alegação das festas de fim de ano como justificativa para o baixo resultado tem sido contestada, já que a produção vem registrando números abaixo de Bom Sucesso e do Jornal Nacional

Pensando nisso, o NaTelinha preparou uma lista mostrando elementos que faltam à trama dirigida por José Luiz Villamarim a fim de aumentar o desempenho.

Confira:

Ganchos

Cinco motivos que explicam porque Amor de Mãe ainda não decolou

Tradicionalmente, as novelas usam de artifícios para atrair o interesse do público e o gancho é uma dessas artimanhas que fazem parte das ferramentas da maioria dos autores em busca de audiência. Só que Amor de Mãe segue um estilo diferente e não cria tanto impacto com a cena final quanto outras tramas.

A Dona do Pedaço, por exemplo, usava e abusava deste recurso. A falta desta regra pode ser um dos motivos que afastou o público, pois muitos podem pensar que não terá nada de imperdível no dia seguinte.

Alívio cômico

Cinco motivos que explicam porque Amor de Mãe ainda não decolou

Muitos confundem núcleo cômico com alívio cômico. As séries americanas – o maior exemplo é This is Us – não tem personagens cômicos, mas há sempre momentos leves para que o chororô não tome conta dos 45 minutos de arte que a série americana tem.

Em Amor de Mãe, apesar de ter romantismo e até momentos musicais, há excesso de drama, choro, tragédia e sofrimento. Num momento tão delicado que passa o país, o público pode estar fugindo das “dores” da novela e procurado outras produções mais “coloridas”.

Aliteração

Cinco motivos que explicam porque Amor de Mãe ainda não decolou

Quando um personagem fica vários capítulos repetindo a mesma frase, passando pelas mesmas situações ou há excesso de flashbacks para que o público relembre o que aconteceu nos capítulos anteriores, isso é chamado de aliteração.

Amor de Mãe tem evitado usar a aliteração, o que obriga o público a prestar atenção nas atitudes dos personagens. Qualquer detalhe batido, você terá que rever a cena ou até mesmo o capítulo no Globoplay.

Apesar de não ser uma novela de difícil compreensão, a falta de aliteração pode estar afastando o público. Sem entender o que se passa na produção, dificilmente um espectador continua acompanhando a trama.

Saga

Cinco motivos que explicam porque Amor de Mãe ainda não decolou

Atualmente, Avenida Brasil está sendo exibida no Vale a Pena Ver de Novo e sabemos exatamente que a personagem Nina (Débora Falabella), a protagonista, quer se vingar de Carminha (Adriana Esteves). Isso é chamado de saga do herói e que muitos críticos de cinema utilizam em seus textos para falar de filmes de super-heróis.

Em Amor de Mãe não tem, necessariamente, uma saga do herói. Iniciou-se com a procura de Lurdes (Regina Casé) pelo seu filho perdido, mas não houve aprofundamento até o momento, já que ela acredita que Sandro (Humberto Carrão) é a criança que seu marido vendeu no passado.

A doença de Thelma (Adriana Esteves) também não tem mexido com os ânimos dela como se aguardava, além de Vitória (Taís Araújo) estar vivendo um momento de luz com o nascimento da sua filha.

A falta da saga do herói pode ter feito o público rejeitar a trama, porém, caso seja comprovado pela Globo que esse é um dos motivos, a autora deve ter facilidade em consertar esse fato.

Triângulos amorosos

Cinco motivos que explicam porque Amor de Mãe ainda não decolou

Toda novela precisa de romance e os autores até utilizam de triângulos amorosos para alimentar a disputa nos espectadores. Em Amor de Mãe, Vitória, Davi (Vladimir Brichta) e Amanda (Camila Márdila) fazem um dos trios da trama, mas que ainda não pegou o público.

O mesmo vale para Raul (Murilo Benício), Érica (Nanda Costa) e Estela (Letícia Lima) – ainda há Lígia (Malu Galli) nesse enredo – que não ganharam forte fã clube para debaterem quem deve ficar com quem.

Sem fortes casais, dificilmente uma novela consegue conquistar o público e, consequentemente, não alcançar bons índices de audiência.

Mais Notícias