Reta final

"Segundo Sol": Em um acesso de fúria, Laureta tenta matar a própria mãe

Vilã perde a cabeça quando vê a mãe queimar o dinheiro disputado com Remy





Renata Sorrah e Adriana Esteves
Fotos: Divulgação

Publicado em 11/10/2018 às 05:00:32

Por: Fabrício Falcheti

Na reta final de "Segundo Sol", entra em cena a mãe de Laureta (Adriana Esteves), Dulce (Renata Sorrah), que foi abandonada pelo pai da vilã, Nestor (Francisco Cuoco).

Apesar de ter aversão à mãe, a cafetina se verá obrigada a se esconder na casa dela depois de matar Du Love (Ciro Salles). Quem ficará escondido por lá também será Remy (Vladimir Brichta), que continua num jogo de gato e rato com a irmã por conta dos 7 milhões de dólares tirados de Karola (Deborah Secco).

Essa sequência tem previsão para ir ao ar nos dias 29 e 30 de outubro.

Enquanto Remy insiste que a irmã quer lhe passar a perna, Laureta garante que não vai traí-lo. “Nunca. Você é meu irmão, eu vou até o fim do mundo com você. Você acha mesmo que eu iria fugir sem você?”, dispara. “Acho não, tenho certeza... se me roubou”, acusa o malandro.

“Porque você mijou fora do penico, tava me dando uma volta, só por isso... E eu sabia que se eu pegasse a grana, você ia voltar, ia me procurar”, explica. “Não engulo nada do que você diz. Você vai me deixar aqui nesse fim de mundo com essa velha maluca e vai se mandar. Você não tem saída, tá foragida, tem que sumir do mapa”, afirma. “Meu trato é contigo, com meu irmão, e eu vou cumprir. Agora eu tenho que ir...”, promete.

Laureta sai e promete que volta logo. Enquanto isso, Remy vai conquistar a confiança de Dulce na esperança de conseguir alguma pista do dinheiro. Ele encontra a velha fazendo colagem e a enche de elogios. “Tá é bonito isso, hein, é assim... Um mosaico, né?”, pergunta. “Não... É só caco de vidro que eu tô colando pra passar o tempo... Tenho mania”, responde. “Parece uma obra de arte... A senhora é uma artista, dona Dulce. Mais bonito que muita coisa que tem por aí em museu, galeria. A senhora podia até ficar rica com esse trabalho...”, elogia. “É? Laurinha diz que é lixo, cacareco, coisa de maluca!”, diz a mulher com ressentimento. “Maluca é ela de dizer isso!”, continua o malandro.

Aos poucos, Remy descobre que Dulce sabe onde o dinheiro roubado e a convence de contar sobre o esconderijo. “Mas se a gente não pegar e esconder, ela vai embora! E eu vou ter que voltar praquela família que eu odeio. A senhora vai ficar aqui sozinha pra sempre! Me conte onde tá, eu pego e a gente guarda!”, finge. Depois de arrancar a verdade da velha, ele segue para uma locomotiva abandonada e vai conseguir encontrar a fortuna.

Mas Laureta descobre que a mãe deu com a língua nos dentes e vai chegar bem a tempo de impedir que Remy fuja com o dinheiro. Ela vai até o vagão abandonado com uma arma em punho, mas é surpreendida pelo irmão, que aponta outro revólver para ela. “Ô Remy, que susto você me deu! Baixe essa arma, maninho!”, tenta acalmá-lo. “Cê achou que ia me enganar, Laurex? Essa fase já acabou! Agora baixe essa arma você e vai saindo devagarzinho, sem tentar nada, que eu já achei meu dinheiro!”, diz.

Enquanto os dois continuam brigando pela grana. Dulce chega ao local com uma garrafa de álcool e coloca fogo no dinheiro. Os dois se desesperam e tentam salvar o que podem, ficando com uma merreca na mão. Dulce começa a rir da situação e diz que o dinheiro salvo dá muito bem para os três viverem ali.

“Tá rindo de que, idiota, já devia tar sendo comida pelos vermes, tá fazendo hora extra com esse mundo faz tempo! Eu te odeio! Te odeio!”, afirma a vilã. “E eu te amo, Laurinha! Mamãe te ama!”, choraminga a velha. “Eu nunca vou viver contigo nesse pardieiro, entendeu, nunca! Não vou acabar feito você, um pano de chão velho, sujo!”, diz Laureta já partindo pra cima da mãe.

“Maldita! Mil vezes maldita! Eu vou te matar!”, diz, já estrangulando Dulce. “Larga ela, Laureta! Larga! É sua mãe! Assim você vai matar”, diz Remy, impedindo a irmã de cometer outra loucura.



publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!