O Tempo Não Para

Samuca se borra todo e não revela que SamVita foi construída em terreno de Dom Sabino

Dom Sabino ficaria uma fera caso soubesse da verdade


samuca2308_6df1ba3626f8a3a3c965b4a02e6439dee2746e21.jpeg
Samuca ficará desesperado ao descobrir que SamVita foi construída nas terras de Dom Sabino - Divulgação/TV Globo

Quem tem... tem medo. E Samuca (Nicolas Prattes) tem tanto, mas tanto medo de perder Marocas (Juliana Paiva), que pelo menos por hora, não revelará que as terras de sua empresa, a SamVita, fica no mesmo lugar das terras do sogrão.

Ainda que o empresário tenha todos os documentos, posse e escritório, conforme dirá numa conversa com Vanda (Lucy Ramos), ela dirá que o direito dá margem a mais de uma interpretação.

"Agora a gente tem o laudêmio. Se o juiz deferir isso, você vai ter que pagar uma taxa, tipo imposto mensal pro Dom Sabino e pra família dele", explicará a advogada em "O Tempo Não Para".

Didático, a explicação prosseguirá: "O laudêmio existe, é fato. Em Petrópolis, com a família real, em terrenos em frente ao mar, em construções que datam dos séculos XVIII e XIX. Não é uma incongruência jurídica".

Após isso, Carmem (Christiane Torloni) pedirá para que a advogada não diga absolutamente nada a Dom Sabino, por causa do noivado. "Ele não pode saber que a gente está sentado bem em cima da propriedade dele. Esse prédio foi construído em cima da fazenda da Nossa Senhora do Ó!", bradará.

Vanda concordará: "Dom Sabino é imprevisível. Vai saber como ele pode reagir quando souber disso".

Mais Notícias