Reportar erro
Delegado íntegro

Caio Paduan fala sobre novela e relação entre Bruno e Raquel: "O amor de verdade não acaba"

Ator vive Bruno em "O Outro Lado do Paraíso"

caiopaduanooutrolado_cc0971ca67811644a76fa060e0baa0d885380197.jpeg
Caio Paduan é Bruno em "O Outro Lado do Paraíso" - Divulgação/TV Globo
Thiago Forato

Publicado em 21/02/2018 às 07:01:54

Bom moço, incorruptível e exemplar. Estas são algumas das características que definem o delegado Bruno, vivido por Caio Paduan na novela "O Outro Lado do Paraíso".

No meio de uma família com conduta duvidosa, Bruno destoa de um universo onde o pai é corrupto, a mãe é racista e o irmão trai a namorada sem peso na consciência dentro de um bordel.

Em entrevista exclusiva ao NaTelinha, Caio Paduan comemora a possibilidade de viver um personagem totalmente diferente daquele que fez em "Rock Story", no ano passado, o bandido Alex. "Para um ator é muito bom poder ter esse tipo de mudança radical na carreira. E poder criar uma coisa totalmente nova é um sonho para todo ator", celebra.

Questionado sobre até que ponto o caráter é formado pela educação dentro de casa, Caio diz que a família tem um papel importante nessa construção. "Mas acredito também que outras influências externas, como a escola, livros, filmes, também tenham seu papel na formação da educação de alguém. Sem tirar o crédito ou culpa de ninguém, acredito que vivenciar bons exemplos, tanto em casa quanto na rua, é o mais importante na formação de qualquer um", opina.

Para o ator, nem todo mundo se corrompe. "O Bruno acredita que a ética e o caráter são atributos que devem ser usados o tempo todo. Ele não abriria mão de manter a integridade para facilitar o seu trabalho. Acho que é mais fácil ele sofrer com ataques de pessoas corruptas do que se junca à elas", acredita.

Em "O Outro Lado do Paraíso", seu personagem é praticamente perseguido por Tônia (Patrícia Elizardo), que não aceita o fim do relacionamento. "O que falta na Tônia é entender que o amor a gente não escolhe, simplesmente acontece. É engraçado, mas as pessoas tem a mania de achar que as coisas precisam acontecer no tempo delas. Acredito que, assim como o Bruno se apaixonou pela Raquel, um dia, quando a Tônia entender isso, ela também vai se apaixonar por outra pessoa".

Sincero, admite: "Já tive situações complicadas em alguns relacionamentos, mas sempre gostei de resolver tudo conversando. Num relacionamento, nada melhor que a gente se entender com um bom discurso".

O amor de Raquel (Erika Januza) e Bruno resistiu ao tempo. Para Caio, nada poderia atrapalhar um amor tão intenso como o que existe entre eles, mas pondera: "A relação entre eles pode sofrer alguns desgastes por conta de algumas ações de pessoas que não os querem juntos e não entendem esse amor. Ainda tem muita coisa pra rolar na novela, mas acredito que o amor de verdade não acaba".

Mais Notícias