"O Outro Lado do Paraíso" bate recorde de audiência com flagra de Suzy

Divulgação/TV Globo

Publicado em 12/01/2018 às 16:10:40 ,
atualizado em 12/01/2018 às 18:20:02

Por: Fabrício Falcheti

Suzy (Ellen Rocche) finalmente flagrou o marido Samuel (Eriberto Leão) no quarto com Cido (Rafael Zulu), e "O Outro Lado do Paraíso" bateu novo recorde de audiência nesta quinta-feira (11).

Exibido das 21h23 às 22h24, o capítulo registrou 42,5 pontos de média, pico de 45,5 e share de 58,2%, superando a máxima anterior, que era de 42,2 alcançada no dia 14 de dezembro, com o retorno triunfal de Clara (Bianca Bin) à Palmas.

Ontem, seguindo seu plano de vingança, a mocinha conseguiu tirar Suzy do hospital com a desculpa de ir tomar um lanche e a levou até o apartamento de Samuel, onde flagrou seu "tigrão" fazendo uma performance especial para Cido, usando uma calcinha da esposa.

Em sua décima primeira semana, "O Outro Lado do Paraíso" tem uma média parcial de 34 pontos, a maior desde 2013 nesse comparativo.

Esses dados são consolidados e referem-se a um grupo de telespectadores na Grande SP.

Clara pressiona e Suzy promete espalhar segredo de Samuel

No capítulo desta sexta-feira (12), Suzy está arrasada após descobrir que o marido é gay. Clara procura a enfermeira para fazer a cabeça dela: "Eu não podia deixar você ser enganada a vida toda. Seu marido sempre teve vida dupla".

Suzy responde: "Marido não. Ex. Ex. Eu agradeço, Clara. Eu tava cega e me abriu os olhos. Mas tou com tanta raiva. Eu tenho vontade de explodir".

"E daí? Explode. Se tem vontade de explodir, explode", orienta Clara.

"Assim ele não enganará mais nenhuma coitada como eu. Não brincará com os sentimentos de alguma outra mulher. Tem toda razão, Clara. Eu vou botar a boca no trombone", afirma Suzy.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade