NATPE

Indicada ao Emmy, Globo lança "Velho Chico" no mercado internacional como supersérie

"Velho Chico" estará na NATPE, feira de TV em Miami


afraniosantovelhochico_92c9bb281b303268ceeba4e823110d8eb11f5c69.jpeg
Antônio Fagundes e Domingos Montagner em "Velho Chico" - Divulgação/TV Globo

Preterida em 2017 nas feiras internacionais de TV, "Velho Chico", novela das 21h produzida em 2016, fará sua estreia no mercado internacional em janeiro.

A trama foi indicada este ano no Emmy, mas até então, não havia sido sequer cogitada para exportação devido a sua temática extremamente brasileira.

A temática brasileira, aliás, é como ela será ofertada às TVs de outras países. "Uma granade história de amor proibido marcada por encontros e desencontros que se relacionam apesar da rivalidade entre suas famílias", diz a sinopse.

"Viejo Río", como ela foi batizada em castelhano, será comercializada já na NATPE, feira de TV que ocorre entre os dias 16 e 18 de janeiro, em Miami.

No entanto, "Velho Chico" não terá seus 172 capítulos. A Globo vende o folhetim como uma supersérie compactada em 60 episódios.

Em 2017, a estrela das feiras de TV foi "Rock Story", além de "Totalmente Demais", que teve boas exportações em 2016.