Reportar erro
Canetada

Reprise de "Bicho do Mato" é reclassificada por conter cenas de apelo sexual

bichodomatorecord_522262b759cacb11ccafb0a4ceb48b5b7c553b01.jpeg
Divulgação
Redação NT

Publicado em 15/11/2017 às 11:16:27

O Ministério da Justiça resolveu distribuir canetadas reclassificando várias atrações da televisão.

Depois de "O Rico e Lázaro" e "MasterChef", agora foi a vez da reprise de "Bicho do Mato" sofrer sanções do governo.

Segundo informações da jornalista Patrícia Kogut, a novela atualmente reprisada nas tardes da Record TV foi reclassificada de 10 anos para "não recomendada para menores de 12 anos".

Entre os motivos apresentados, estão "tendência a consumo de drogas lícitas, linguagem de conteúdo sexual, apelo sexual e insinuação sexual".

De autoria de Cristianne Fridman e Bosco Brasil, "Bicho do Mato" foi exibida originalmente em 2006 e desde agosto é reprisada na faixa das 15h45 de segunda a sexta.

Na última semana, a trama inédita "O Rico e Lázaro", da mesma emissora, ganhou o selo de "14 anos" por conter cenas com "pena de morte, mutilação, estupro e morte intencional".

Já o reality gastronômico da Band foi de livre para "não recomendado para menores de 10 anos", por causa de "linguagem chula", principalmente vindas do jurado Henrique Fogaça e dos participantes.

Vale lembrar que a classificação indicativa não é mais vinculada ao horário, e sim apenas uma recomendação aos telespectadores.

 

Mais Notícias