Reportar erro
Na web

Traficante em "A Força do Querer", Jonathan Azevedo é alvo de racismo e amiga o defende

Ator vem agradando na pele de Sabiá na novela de Glória Perez

Hylka Maria, Jonathan Azevedo e Juliana Paes em cena de baile funk no morro
Fabrício Falcheti

Publicado em 21/08/2017 às 20:12:16

Intérprete do traficante Sabiá em "A Força do Querer", Jonathan Azevedo sofreu ataques racistas na internet.

A denúncia foi feita pelo perfil Parceiros do Vidigal no Facebook. O ator frequenta a comunidade com seus parceiros do grupo Melanina Carioca.

"Me desculpem mas papel de traficante cai muito bem para ele (...) Tenho até medo se eu ver (sic) em algum lugar público", escreveu uma moça no Facebook, depois da notícia de que Jonathan Azevedo assinou contrato com a Globo e ficará até o fim da novela de Glória Perez.

Depois da mensagem, a atriz Hylka Maria, que faz Alessia, namorada de Sabiá na história, saiu em defesa do ator no Instagram.

“Venho por meio deste post lhe dar a triste certeza de que realmente você jamais encontrará com o Jonathan para uma selfie. Não porque ele se recusaria. Mas pelo fato de você vibrar numa frequência energética tão baixa, que segundo a lei da física quântica, jamais seria possivel você esbarrar com um ser de luz como o meu amigo e parceiro Jonathan. E sabe Glaucia, isso não tem a ver com cor de pele, sexo, porque ele é ator, ou está no ar numa novela das 21h na Rede Globo, não... É porque grandiosidade de caráter, de essência e de alma a gente mede pelo que está dentro e não pela casca. Te desejo luz e despertar de consciência, Glaucia. Aliás, uma luz bem parecida com a qual o Jonathan ilumina o set, a vida dos amigos dele e a casa de todo mundo que o assiste durante a novela”, escreveu.

Jonathan Azevedo agradeceu o comentário da amiga "Você é um presente de Deus", publicou.

Mais Notícias