Reportar erro
Novelas

Novelas turcas da Band mantêm público intacto no Ibope há um ano e meio

sila-band-grande.jpg
Fotos: Divulgação
Redação NT

Publicado em 14/10/2016 às 15:48:15

Em março de 2015, a Band anunciou, sem muito alarde, que iria voltar a exibir novelas no horário nobre. E tramas que nunca haviam sido exibidas no Brasil: as turcas, que conquistaram toda a América Latina.

Segundo dados consolidados e obtidos em primeira-mão pelo NaTelinha, hoje é possível dizer que, depois do "MasterChef", novelas da Turquia foram o maior acerto da emissora nos últimos tempos.

Com três tramas exibidas na faixa das 20h30 até agora - "Mil e Uma Noites", "Fatmagul" e "Sila" -, a Band teve pouquíssima variação nos números de audiência, tendo um público extremamente fidelizado.

"Mil e Uma Noites" obteve 3,05 pontos de média em sua trajetória, enquanto "Fatmagul" fechou com 3,03. Até o momento, "Sila" tem 3,04 pontos, e não deve crescer nem cair. A variação entre as três novelas é de apenas 0,03 ponto - na Grande São Paulo, em número de telespectadores, apenas pouco mais de 5 mil telespectadores trocaram de canal entre uma e outra.

Além da fidelização, a Band conseguiu colocar na frente da sua programação um público de poder aquisitivo alto e com dinheiro para gastar com anunciantes - em sua grande maioria mulheres.

Segundo dados comerciais divulgados pelo canal para o mercado publicitário, aos quais o NaTelinha teve acesso, 49% da audiência das novelas turcas é da classe AB. Outros 40% são da queridinha das TVs abertas atualmente, a classe C. Por fim, a classe D e E têm 11% desta fatia.

Ainda sobre os telespectadores, 63% são mulheres, com 45% do Ibope das novelas com mais de 50 anos de idade. Para anunciar em "Sila" hoje com uma inserção comercial de 30 segundos, a empresa precisa pagar algo em torno de 175 mil reais.

Vale ressaltar que a Band tem outras três novelas turcas compradas em seu arquivo para exibição futura. Ou seja, o nicho descoberto ainda pode render frutos por muito tempo.

Mais Notícias